INFLAÇÃO

Recife tem a segunda maior alta da inflação, segundo o IPCA

O índice é elaborado pelo IBGE, mede a inflação e é pesquisado em 14 regiões. O Brasil registrou uma alta de 1,22%

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 07/03/2015 às 9:00
Leitura:

Recife teve a segunda maior alta da inflação em fevereiro último, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que pesquisou 14 localidades. A capital pernambucana registrou uma alta de 1,64% perdendo apenas para Salvador (da Bahia) com 1,66%. “O reajuste da gasolina foi responsável por quase 20% da inflação recifense”,explica a gerente de Pesquisa do IBGE Irene Maria Machado. A gasolina aumentou no último final de semana de janeiro e no Carnaval.

Os outros vilões da inflação, segundo Irene, foram os reajustes da energia elétrica (6,77%), das mensalidades escolares (7,52%) e dos alimentos que continuam em alta”. A energia aumentou de preço devido à cobrança da bandeira tarifária vermelha, um gatilho que empurra o alto custo da produção do serviço para o consumidor pagar já no mês seguinte que passou a ser cobrada em janeiro. Com o começo do ano letivo, também passou a ser cobrado o reajuste das escolas.

Ainda em fevereiro, o item alimentação e bebidas saiu de uma variação de 0,79% em janeiro para 1,51% em fevereiro. “A alimentação fora de casa é uma das vilãs da inflação do Recife. Isso é visível na alta de produtos como lanches, refeições, cervejas, refrigerantes e água mineral”, argumenta.
Também contribuiu para a alta da inflação na cidade o reajuste de 5,09% nas passagens de ônibus urbanos que ocorreu no dia 11 de janeiro último.

Embora o IBGE não faça projeções, a alta da inflação deve continuar em março e em abril. Este mês, entrou em vigor o aumento da conta de energia elétrica porque o governo federal reajustou o preço da bandeira vermelha e passou a ser cobrada uma Revisão Tarifária Extraordinária (RTE) que trouxe um acréscimo de 1,45% na conta de luz para pagar a energia mais cara das térmicas. No próximo dia 20, entra em vigor o aumento da conta de água e está programado um novo aumento de energia no dia 29 de abril.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias