Assembleia

Servidores dos Correios em Pernambuco dizem não à greve

Profissionais reuniram-se no Círculo Militar do Recife e decidiram aceitar proposta da empresa

JC Online
JC Online
Publicado em 14/09/2016 às 21:37
Foto: SINTECT-PE/ Divulgação
Profissionais reuniram-se no Círculo Militar do Recife e decidiram aceitar proposta da empresa - FOTO: Foto: SINTECT-PE/ Divulgação
Leitura:

Os trabalhadores dos Correios em Pernambuco decidiram, após assembleia realizada na noite desta quarta-feira (14), não deflagrar greve por tempo indeterminado. Os profissionais reivindicavam aumento salarial de 15%, vale-alimentação de R$ 45, entre outros pontos, mas decidiram aceitar a proposta da empresa, que ofereceu reajuste de 9% em duas parcelas, vale-alimentação de R$ 35 e incorporação de R$ 150 em gratificações aos salários.

Os servidores da estatal estavam em estado de greve desde o último dia 6 e encontraram-se hoje no Círculo Militar do Recife, em Santo Amaro, na área central da capital. O movimento é realizado também por outros 24 sindicatos filiados à Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios (Fentect). Os Correios em Pernambuco têm cerca de quatro mil funcionários.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias