Energia

Bandeira amarela: Saiba como economizar na conta de luz

Neste mês, será cobrado R$ 1,50 para cada 100 kWh consumidos

JC Online
JC Online
Publicado em 02/07/2019 às 19:30
Notícia
Foto: Pixabay
Neste mês, será cobrado R$ 1,50 para cada 100 kWh consumidos - FOTO: Foto: Pixabay
Leitura:

Neste mês de julho a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que a bandeira tarifária da conta de luz será amarela, ou seja, será cobrado R$ 0,015 para cada quilowatt-hora (kWh) consumidos (R$ 1,50 para cada 100kWh consumidos).

A bandeira amarela faz parte do Sistema de Bandeiras Tarifárias, criado em 2015 pela Aneel. Esse sistema conta com as bandeiras verde, amarela, vermelha patamar 1 e vermelha patamar 2. "A nossa matriz energética é predominantemente hidrelétrica, então toda vez que os reservatórios baixam, o operador nacional precisa acionar a termelétrica, que gera energia a partir do uso de combustíveis", explicou André Tavares, gestor de operações da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe).

De acordo com Tavares, mudando alguns hábitos dentro de casa, é possível economizar de 10% a 20% na conta de energia.

Dicas

Uso do ar-condicionado

O mês de julho é de férias para muita gente e a possibilidade de ficar mais '10 minutinhos' é tentadora. Mas para não ter dor de cabeça quando a conta de energia chegar, é importante intercalar o uso do ar-condicionado com o ventilador. Uma boa opção é usar o timer (temporizador).

André Tavares ressaltou ainda que usar a temperatura de 23°C é o ideal. "Essa é uma temperatura que gera conforto. Nós estamos acostumados ao calor e muita gente tem o costume de colocar a temperatura mínima (cerca de 16°C). Quanto menor a temperatura, ou seja, quanto mais frio o ambiente, mais o ar-condicionado vai ter que trabalhar e isso significa maior consumo de energia", disse.

Equipamentos de cozinha

Abrir a geladeira várias vezes gera um maior consumo de energia. Para evitar, é importante retirar o máximo de alimentos possíveis. Assim, o abre e fecha será menor. Uma outra dica é ativar o modo "férias". "Nesse modo a geladeira não vai desligar, mas ela não vai precisar trabalhar tanto para manter aquela temperatura. Quanto mais cheia a geladeira estiver, mais o compressor dela vai trabalhar para manter a refrigeração para aquela quantidade de alimento", explicou o gestor de operações.

Além do abre e fecha consumir mais energia, um outro hábito também contribui para isso. Colocar roupas para secar atrás da geladeira é algo que devemos evitar.

Lâmpadas

Uma outra dica é aproveitar a luz natural e manter as lâmpadas desligadas quando não estiverem em uso. Lâmpadas de led, que apesar de serem um pouco mais caras que as amarelas, consomem menos energia e são as ideais para serem usadas.
Escolher também lâmpadas de alta intensidade ao invés das que são de baixa intensidade.

"Utilizar as lâmpadas de alta intensidade é bem melhor que usar as de baixa intensidade, que são mais baratas. Usar uma de alta intensidade vai economizar mais energia do que usar, por exemplo, três de baixa potência", explicou a engenheira agrícola e ambiental Alcione Moraes.

Estabelecer horários

É tentador usar os chuveiros elétricos quando a temperatura cai, mas é importante que sejam usados de maneira consciente. Além disso, estabelecer horários para a utilização de equipamentos é importante e também buscar alternativas. Por exemplo, preferir ler em revistas, livros e jornais físicos a usar equipamentos eletrônicos. Assim, não será necessário recarregá-los com tanta frequência.

Elevadores

Elevadores em prédios são comuns e em boa parte são colocados mais do que um. No entanto, usá-los simultaneamente é uma forma de gastar mais energia do que o necessário. A engenheira alerta para esse uso. "Em horários que não são de pico, buscar deixar apenas um elevador funcionando", comentou.

Sensores

O uso do sensor em condomínios é uma opção para não deixar a luz ligada de forma desnecessária. Quando alguém estiver alguém no ambiente, a luz estará acesa. Quando não, ela ficará desligada.

Selo Procel

O Selo Procel de Economia de Energia indica se os aparelhos que mais eficientes e que consomem menos energia. Portanto, é recomendado procurá-lo na hora de adquirir eletrodomésticos.

Principais fontes de energia

Fóssil - Produzida a partir do petróleo, carvão e gás natural;
Nuclear - Chamada de termonuclear;
Eólica - É considerada uma energia limpa;
Fotovoltaica - Popularmente conhecida de solar. Também é considerada uma energia limpa;
Hidroelétrica - Mais usada no Brasil.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias