empreendimento

Veja como será o novo restaurante Coco Bambu do Recife

Restaurante terá três andares e rooftop

Elton Ponce
Elton Ponce
Publicado em 02/12/2019 às 10:54
Notícia
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
FOTO: Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Leitura:

O projeto da nova unidade do Coco Bambu no Derby, área central do Recife, foi divulgado pelo restaurante nesta segunda-feira (2). Com a chegada da marca no local, o atual prédio, onde por muito tempo funcionou o Spettus, será substituído por um vertical.

Na planta há um grande restaurante, para 700 pessoas, três andares de estacionamento e um rooftop com bufê para festas. A brinquedoteca deverá ter uns 500 m², e a área total é de 4 mil m². A intenção é abri-lo no final de 2020, preferencialmente em novembro.

Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Projeto da nova unidade do Coco Bambu no Derby, área central do Recife - Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
No projeto há um grande restaurante, para 700 pessoas, com três andares de estacionamento - Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Projeto do restaurante do Coco Bambu, no bairro do Derby, área central do Recife - Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
O atual prédio, onde por muito tempo funcionou o Spettus, será substituído por um vertical - Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Projeto da nova unidade do Coco Bambu no Derby, área central do Recife - Imagem: Divulgação/Coco Bambu
Imagem: Divulgação/Coco Bambu
No projeto há um grande restaurante, para 700 pessoas, com três andares de estacionamento - Imagem: Divulgação/Coco Bambu

O restaurante

O Coco Bambu nasceu em 2001, em Fortaleza, depois da boa experiência do casal com a pastelaria Dom Pastel, no bairro da Aldeota. Em 2005 ocorreu a expansão para Salvador, e entre 2009 e 2010, para Brasília. Já em 2012, o restaurante chegou a São Paulo, quando ganhou projeção nacional e iniciou seu projeto de expansão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias