Compras

Moda Center Santa Cruz espera receber 150 mil pessoas na próxima feira de fim de ano

Em alta temporada, próxima feira ocorre nos dias 8 e 9 deste mês

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 03/12/2019 às 17:21
Foto: Divulgação
Em alta temporada, próxima feira ocorre nos dias 8 e 9 deste mês - FOTO: Foto: Divulgação
Leitura:

A administração do Moda Center Santa Cruz, maior centro atacadista de confecções do Brasil, localizado no município de Santa Cruz do Capibaribe, espera receber 150 mil pessoas na próxima feira de alta temporada, nos próximos dias de 8 e 9 de dezembro. A expectativa é baseada no número de pessoas que compareceram na feira dos dias 1º e 2, também deste mês, que chegou ao 140 mil pessoas. Desde o dia 3 de novembro, o Moda Center antecipou a sua abertura para realização das feiras, funcionando aos domingos e segundas-feiras, das 6h às 18h.

O Moda Center Santa Cruz espera receber até o dia 30 de dezembro, nas quatro últimas feiras, outras 400 mil pessoas. A gestão também informou que reforçou as equipes de segurança, limpeza, tráfego e administração, para dar mais conforto aos clientes. A expectativa de aumento de fluxo de clientes em relação ao mesmo período do ano passado é de 8%.

Moda Center Santa Cruz

O centro atacadista reúne mais de 10 mil pontos comerciais, divididos em 9.672 boxes e 707 lojas. São comercializados no local produtos variados, como roupas e acessórios. O – roupas e acessórios – com foco no atacado. O local recebe clientes de todo o País, com predominância dos estados do Norte e Nordeste.

A estrutura do centro é composta por seis módulos, que ocupam uma área coberta de 120 mil m², construída num espaço de 32 hectares. O parque disponibiliza seis praças de alimentação com restaurantes e lanchonetes, rede própria de hotéis e dormitórios com mais de dois mil leitos, posto ambulatorial, caixas eletrônicos, banheiros, fraldários, carrinhos de compras, sistema de som e TV e circuito interno de segurança.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias