BENEFÍCIO

Veja quanto irá receber na 13º parcela do programa estadual do Bolsa Família

Na plataforma online, é possível saber quanto o beneficiário acumulou em notas fiscais entre março de 2019 e 31 de janeiro de 2020

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 29/01/2020 às 12:18
Notícia
Foto: Agência Brasil
Na plataforma online, é possível saber quanto o beneficiário acumulou em notas fiscais entre março de 2019 e 31 de janeiro de 2020 - Foto: Agência Brasil
Leitura:

Os beneficiários do Bolsa Família já podem consultar quanto vão receber na 13º parcela do programa estadual, na plataforma criada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude de Pernambuco. 

Para acessar, basta ter em mãos o Número de Identificação Social (NIS), que pode ser conferido nos cartões do Bolsa Família, e a data do nascimento do titular do benefício. O link de acesso é o http://www.sdscj.pe.gov.br/web/sedsdh.

No sítio online, é possível saber quanto o beneficiário acumulou em notas fiscais entre março de 2019 e 31 de janeiro de 2020, data de apuração das notas fiscais para quem recebe abaixo de R$ 150,00, valor máximo do benefício.

» Veja o calendário de pagamento do Bolsa Família de 2020

“Se, por exemplo, um usuário que teria direito a R$ 89,00 tenha feito compras dando o seu número do CPF para inclusão na nota fiscal é possível que ele tenha atingido o valor máximo da parcela, aumentando seu 13º. Destaco, ainda, que quem já recebe R$ 150,00 ou mais já tem o valor máximo garantido, não necessitando acumular notas fiscais”, afirma o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes.

Em Pernambuco, 14 mil estabelecimentos são credenciados com nota fiscal eletrônica. O reembolso pode chegar a até 5% do valor total das compras com a aquisição de itens de alimentação, medicamentos, material de higiene pessoal, material de limpeza, vestuário, calçado e gás de cozinha, não ultrapassando o limite de R$ 150,00.

Depósito

Somente o ano passado, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude visitou 145 municípios para repassar as orientações à população beneficiária. O primeiro grupo de beneficiários, que faz aniversário nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril, vai receber a parcela já no próximo mês de fevereiro.

Paternidade do 13º do Bolsa Família

Em outubro de 2019, o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB), através das suas redes sociais, rebateu as acusações do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de que teria sido desonesto ao assumir a paternidade pela criação do 13º do Bolsa Família. “Fui surpreendido, agora pela manhã, com um ataque direto do Presidente da República, que, de maneira desinformada, falta com o respeito ao governador e ao estado de Pernambuco”, disparou.

O socialista se referia a um post feito pelo presidente Jair Bolsonaro, em sua página no Facebook, mostrando um vídeo feito no município de Toritama, por um apoiador chamado Abimael Santos em frente a uma propaganda do Governo do Estado sobre o 13º do Bolsa Família. O homem afirma que o governador é “mentiroso” e “enganador” e questiona a falta do símbolo do Governo Federal na peça. “Tu estás querendo surfar na onda Bolsonaro é?”, crítica o rapaz. Na legenda, Bolsonaro declarou: “A desonestidade ainda persiste na política. O espertalhão da vez agora é o Governador de Pernambuco, do PSB. Mas o povo de bem reage às mentiras. Bom dia a todos”.

Ao tomar conhecimento da postagem, publicada na manhã desta sexta-feira, Paulo utilizou o Twitter para comprovar a real paternidade do projeto. “O tema é a paternidade do programa 13o do Bolsa Família, cuja iniciativa estadual o presidente tenta, lamentavelmente, descredenciar, valendo-se de acusações falsas”, escreveu o governador.

Paulo Câmara esclarece que se trata de dois programas diferentes, um na esfera estadual e outro na federal. “Um detalhe que parece incomodá-lo, quando o mais importante deve ser assegurar o benefício a milhares de pessoas, que já aguardam ansiosas pelo pagamento”, pontuou.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias