Soluções Urbanas

Trade de Pernambuco busca superar desastre do derramamento de óleo

Evento Visit.Pernambuco foi ampliado para convencer o mercado de que as praias do Estado estão livres do óleo

Mona Lisa Dourado Marília Banholzer
Mona Lisa Dourado
Marília Banholzer
Publicado em 24/11/2019 às 7:15
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
FOTO: Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Leitura:

Em uma região que tem no litoral o seu maior atrativo turístico, a tragédia ambiental causada pelo derramamento de óleo nublou as expectativas do trade e dos trabalhadores que vivem do mar, às vésperas da alta temporada. Passado pouco mais de um mês do auge da maré de piche em Pernambuco, os esforços agora são para garantir a retomada das vendas de fim de ano e das férias de janeiro.

Ampliado em função do desastre, o Visit.Pernambuco Travel Show acabou se tornando a principal vitrine para convencer de vez o mercado de que as praias do Estado estão limpas, aptas para o banho e convidativas como sempre. O evento reúne desta segunda (25) até quarta-feira (27), em Porto de Galinhas, mais de 300 profissionais de turismo de várias partes do Brasil e de outros 23 países, além de expositores do Nordeste, que apresentarão seus produtos e serviços. A expectativa é gerar R$ 100 milhões em negócios.

"Desde sexta-feira, esses compradores já estão fazendo um pré-tour por Recife, Olinda, Cabo, Carneiros e Fernando de Noronha", detalha a diretora executiva da Associação de Turismo de Porto de Galinhas, Brenda Silveira, para quem o óleo foi "um susto que vai passar". "Desde o mutirão de limpeza, os turistas estão postando fotos nas redes sociais e nos ajudando a reverter a imagem negativa", diz.

Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
População auxilia na retirada de óleo em São José da Coroa Grande; cerca de 200 pessoas trabalham - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
- Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Cerca de 200 pessoas, entre voluntários, funcionários da prefeitura e marinheiros trabalham no local - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
- Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo da praia. Material apareceu na manhã de sexta - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Em Carneiros, população se desdobra para retirar óleo - Foto: Bruno Campos/JC Imagem
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Prefeitura, Secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente e a Defesa Civil, retiram o material - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
O óleo já havia sido encontrado na região através de vestígios, mas reapareceu de forma mais intensa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A praia é uma das mais procuradas em Pernambuco - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM
A informação foi confirmada pelo Secretário de Meio Ambiente da cidade, Manuel Pedrosa - Foto: Prefeitura de Tamandaré / ASCOM

Somando-se à iniciativa privada, a Secretaria de Turismo do Estado adaptou sua campanha de publicidade lançada no último dia 20 para promover o litoral. Enquanto o turismo se recupera, o professor da UPE e pesquisador do Instituto Avançado de Tecnologia e Inovação (Iati), Múcio Banja, diz que as consequências para o meio ambiente ainda são imprevisíveis. "Não se pode dimensionar as perdas, porque não havia um monitoramento da vida marinha que nos forneça um parâmetro", avalia.

De toda a tragédia, ao menos uma lição: "A partir de agora estaremos mais preparados para agir, e não de forma emotiva como foi feito, arriscando a saúde da população, e sim cobrando que o governo adote um plano de contingência", opina o biólogo, criticando o amadorismo e a ineficiência da gestão federal e da Marinha em lidar com o desastre a tempo de evitar maiores estragos.

Confira com foi o trabalho de retirada do óleo

» SEMINÁRIO SOBRE TURISMO

Para debater caminhos possíveis para o turismo, o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) realiza nesta quarta-feira (27) o Seminário Soluções Urbanas – Turismo, que reunirá especialistas, profissionais do trade, empresários, gestores públicos, estudantes e demais interessados no tema. As inscrições para o evento já estão abertas, são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 pelo e-mail eventos@sjcc.com.br ou no site www.jc.com.br/seminariojc. O encontro ocorre das 8h às 12h30, no auditório do SJCC na Rua do Lima, em Santo Amaro.

Últimas notícias