Soluções Urbanas

Capacitar a mão-de-obra é essencial para o turismo

Saber atender o turista, fazendo ele se sentir à vontade e planejar o retorno ao destino é o foco dessa qualificação no turismo

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 25/11/2019 às 7:13
Notícia
Foto: divulgação
Saber atender o turista, fazendo ele se sentir à vontade e planejar o retorno ao destino é o foco dessa qualificação no turismo - FOTO: Foto: divulgação
Leitura:

Uma das principais demandas do turismo brasileiro é por serviços e mão de obra qualificados. Saber receber visitantes, fazê-los gostar da estada e ter vontade de voltar deve ser a meta de quem atua neste setor. Tamanha importância, o tema ganhou, em novembro de 2018, uma Política Nacional de Qualificação no Turismo. O documento traz diretrizes para o Brasil alcançar a excelência no atendimento ao turista em seus destinos.

Em Pernambuco, o tema é motivo de preocupação do entes envolvidos com o turismo. Para o conselheiro do Recife Convention & Visitors Bureau e gerente geral do Hotel Transamérica, Marcelo Augusto de Oliveira, a falta de qualificação é sentida em diversas áreas que prestam serviços aos turistas. "Os receptivos estão mais bem qualificados, mas os restaurantes ainda atendem mal o visitante. Ainda há os hotéis e outros serviços que têm dificuldade de abrir mão do dia de trabalho do funcionário para ir se capacitar. Isso sem falar que temos poucas instituições com cursos profissionalizantes nessa área do turismo", avalia Marcelo Augusto.

Os receptivos estão mais bem qualificados, mas os restaurantes ainda atendem mal o visitante

Marcelo Augusto de Oliveira, conselheiro do Recife Convention & Visitors Bureau

Investe Turismo em Pernambuco

Até mesmo nos destinos mais visitados do Estado, como Porto de Galinhas, no Litoral Sul do Estado, existem gargalos. Por lá, enquanto o espanhol já deixou de ser uma barreira, poucos são os que falam inglês. Não à toa, a qualificação de pessoal faz parte das ações do projeto Investe Turismo, que em Pernambuco atende os municípios do Recife, Olinda, Ipojuca e Fernando de Noronha, além da Ilha de Itamaracá, Igarassu e Tamandaré. "O Investe Turismo em Pernambuco está muito focado na ampliação da comercialização dos destinos. A qualificação faz parte disso para que as empresas possam enfrentar uma nova realidade do mercado de turismo", explicou o coordenador do Projeto Investe Turismo no Sebrae/PE, Mário César Freitas Lins.

Para além dos destinos mais consolidados e próximos da capital, no interior do Estado, o secretário de turismo de Bonito (a 135 km do Recife), Paulo Sérgio da Silva, diz que a cidade é privilegiada pelas belezas naturais, mas ainda enfrenta o desafio da qualificação dos profissionais envolvidos nas atividades turísticas. "Não adianta preparar a infraestrutura, ter teleférico, parque natural e não receber bem. É preciso capacitar pessoas e melhorar serviços, ou perderemos o fluxo de visitantes", sentencia o secretário municipal.

» SEMINÁRIO SOBRE TURISMO

Para debater caminhos possíveis para o turismo, o Sistema Jornal do Commercio de Comunicação (SJCC) realiza nesta quarta-feira (27) o Seminário Soluções Urbanas – Turismo, que reunirá especialistas, profissionais do trade, empresários, gestores públicos, estudantes e demais interessados no tema. As inscrições para o evento já estão abertas, são gratuitas e podem ser feitas até o dia 26 pelo e-mail eventos@sjcc.com.br ou no site www.jc.com.br/seminariojc. O encontro ocorre das 8h às 12h30, no auditório do SJCC na Rua do Lima, em Santo Amaro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias