MORTES

Dois pernambucanos morrem em queda de avião da Chapecoense

Everton Kempes e Cleber Santana, atacante e meia respectivamente, estão entre os 76 mortos após a queda do avião que levava a equipe

JC Online e agências
JC Online e agências
Publicado em 29/11/2016 às 7:17
Foto: Reprodução
Everton Kempes e Cleber Santana, atacante e meia respectivamente, estão entre os 76 mortos após a queda do avião que levava a equipe - FOTO: Foto: Reprodução
Leitura:

Dois jogadores pernambucanos da Chapecoense, Everton Kempes e Cleber Santana, atacante e meia respectivamente, estão entre os mais de setenta mortos após a queda do avião que levava o time brasileiro. O acidente aconteceu em Cerro Gordo, entre os municípios de La Ceja e La Unión, informou o aeroporto José María Córdova de Rionegro, que serve a região de Medellín.

Everton Kempes é natural de Carpina, na Zona da Mata Norte, enquanto Cleber Santana nasceu em Abreu e Lima, no Grande Recife. No voo estavam 81 pessoas, incluindo 72 passageiros e nove tripulantes. 

Sobreviventes do acidente com avião da Chapecoense

O chefe da polícia de Antioquia, general José Acevedo, afirmou à rádio Caracol que apenas cinco pessoas foram retiradas com vida do acidente aéreo. As autoridades anunciaram que os sobreviventes resgatados eram os jogadores  Alan Ruschel, Marcos Danilo Padilha e Jacson Ragnar Follmann, dois tripulantes e um jornalista.

Voo da Chapecoense tinha 21 profissionais de imprensa

O voo que caiu nesta terça-feira (29) nas proximidades de Medellín levava, de acordo com a Chapecoense, 72 passageiros, além de nove tripulantes. Desses, 21 eram profissionais de imprensa. O único sobrevivente seria o jornalista Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital, que foi levado ao Hospital San Juan de Dios.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias