Torneio

Cafu acredita em título do Brasil na Copa América mesmo sem Neymar

Opinião foi dada durante evento promovido pelo Comitê Organizador Local da competição nesta quarta-feira (12)

JC Online
JC Online
Publicado em 12/06/2019 às 15:09
Instagram/Reprodução
Opinião foi dada durante evento promovido pelo Comitê Organizador Local da competição nesta quarta-feira (12) - FOTO: Instagram/Reprodução
Leitura:

Capitão do penta, o ex-jogador Cafu afirmou que o Brasil pode ser campeão da Copa América mesmo sem a presença de Neymar. O ex-lateral deu a opinião durante evento promovido pelo Comitê Organizador Local da Copa América nesta quarta-feira, no estádio do Morumbi. O camisa 10 da canarinho e do Paris Saint-Germain rompeu os ligamentos do tornozelo direito na semana passada e foi cortado da equipe que vai disputar o torneio.

"O Brasil perde um grande jogador, um dos mais importantes da seleção. Muda taticamente e o Tite vai ter de montar a equipe sem ele. Mas acredito que isso não vai impedir a seleção de fazer grandes jogos e que o Brasil possa conquistar o título", afirmou Cafu.

EM OBSERVAÇÃO

A seleção brasileira também corre o risco de perder o volante Arthur. O jogador do Barcelona levou uma pancada no joelho direito no amistoso com Honduras, no domingo, e saiu de campo de maca, ainda no primeiro tempo. Arthur não participou dos últimos dois treinos da seleção em São Paulo, continua em observação e não deve atuar diante da Bolívia. A CBF tem até a noite de quinta-feira para comunicar à Conmebol um possível corte de Arthur da lista de convocados da Copa América - o prazo limite é 24 horas antes da estreia da seleção no torneio.

Com o corte de Neymar, Cafu preferiu não se arriscar a dar o seu palpite sobre quem será o craque do torneio. A Argentina desembarcou no Brasil com Lionel Messi, enquanto o Uruguai conta com os atacantes Luis Suárez (recuperado de lesão no joelho direito) e Edinson Cavani.

"Dizer quem será o melhor jogador da competição é muito prematuro. Não dá para fazer qualquer prognóstico. Espero ver grandes jogos. Acredito que vai ser uma Copa América diferente das outras, com grandes seleções", afirmou Cafu.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias