copa do mundo

''Não tem que ficar escolhendo'', diz Vadão

Técnico lamentou Brasil não ter ficado em melhor colocação

Karoline Albuquerque
Karoline Albuquerque
Publicado em 18/06/2019 às 20:06
Notícia
Foto: Divulgação/CBF
Técnico lamentou Brasil não ter ficado em melhor colocação - FOTO: Foto: Divulgação/CBF
Leitura:

A seleção brasileira passou de fase na Copa do Mundo França 2019 em 3º lugar do Grupo C, em um grupo em que as três seleções que passaram de fase somaram seis pontos. A ordem entre Itália, Austrália e Brasil ficou pelo saldo de gols. Agora, as brasileiras esperam a definição de três grupos para saber se pegam França ou Alemanha nas oitavas. Mas, o técnico Vadão queria mais.

Caso fizesse melhor saldo da chave e terminasse em 1º, o Brasil pegaria o terceiro colocado de uma das seguintes chaves: A (Nigéria), B (China) ou F (Chile ou Tailândia, a definir). Se ficasse como visse, a adversária seria a Noruega.

"Vamos esperar agora. Não tem que ficar escolhendo. Infelizmente, a gente precisava de mais um gol para pegar outras equipes, mas infelizmente não conseguiu. Conseguimos nossa classificação. Era um grupo muito equilibrado", disse o técnico.

Em sua análise da partida, o técnico brasileiro afirmou que o jogo foi "duríssimo", mas que a meta da vitória foi conquistada. "Ambas as equipes procuraram jogar, o gol. Acho que o Brasil foi muito equilibrado no primeiro tempo. O segundo tempo teve boa parte do jogo que a gente foi melhor e foi nesse momento que a gente fez o gol", completou Vadão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias