Esporte

Projeto social 'Gol do Brasil', da CBF, chega ao Recife

Em parceria com FPF e Prefeitura do Recife, meta é de atender mais de 240 crianças

klisman
klisman
Publicado em 13/11/2019 às 8:58
Notícia
Foto: FPF/Assessoria
Em parceria com FPF e Prefeitura do Recife, meta é de atender mais de 240 crianças - FOTO: Foto: FPF/Assessoria
Leitura:

Em uma parceria formada pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Prefeitura do Recife, o projeto social Gol do Brasil vai ser implementado na capital pernambucana. Com o intuito de atender 240 crianças e adolescentes de seis a 17 anos, o movimento também capacitará profissionais de educação física e técnicos com a metodologia de cursos da CBF. As aulas serão ministradas no campo da União, no bairro da Macaxeira. 

“Em parceria com a FPF, viabilizamos junto à CBF um projeto que realmente tem o potencial de transformar vidas. Recife está sendo a primeira capital do Nordeste a receber esse projeto e vai transformar a vida das pessoas de nossas comunidades. Vai dar a oportunidade que possam aprender valores importantes da cidadania. É muito mais que uma atividade esportiva. Quem conhece o projeto sabe o ganho significativo para essas crianças e adolescentes. E o papel da Prefeitura foi proporcionar toda a infraestrutura para as partidas e treinamento que serão feitas no campo da União”, comentou a Secretária de Turismo, Esportes e Lazer da Prefeitura do Recife, Ana Paula Vilaça.

Fazendo parte do CBF Social, setor da Confederação que faz projetos desta natureza, o Gol do Brasil foi lançado em 2017. Além de visar o apoio no desenvolvimento dessas crianças e adolescentes beneficiados, também buscam fomentar que elas cresçam dentro e fora de campo. Ao todo, mais de 25 mil pessoas no país já foram beneficiadas, incluindo também os educadores.

“Esse projeto é único, é fantástico, porque permite agregar vontade de fazer, que é uma marca da CBF, com a necessidade onde se implanta esse projeto, que são as comunidades mais carentes. Isso, sem dúvida, nos dá um sentimento de realização e de satisfação de fazê-lo”, declarou o presidente da FPF, Evandro Carvalho.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias