internacional

Neymar mira títulos da Liga dos Campeões e Copa América em 2020

Neymar acredita que o PSG é um dos favoritos ao título da Liga do Campeões e destaca que adaptação na Europa é difícil

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 07/01/2020 às 18:24
Notícia
AFP
Neymar acredita que o PSG é um dos favoritos ao título da Liga do Campeões e destaca que adaptação na Europa é difícil - FOTO: AFP
Leitura:

Neymar prevê um futuro de sucesso para os novatos Rodrygo e Vinícius Jr., ambos do Real Madrid, no futebol europeu. Em entrevista durante suas férias em um evento de um de seus patrocinadores, o craque do Paris Saint-Germain, pediu menos cobrança por parte da imprensa e torcida brasileiras para as promessas. Ele ainda falou que espera conquistar a Liga dos Campeões e a Copa América com a seleção brasileira em 2020. "Minha maior expectativa é vencer tudo o que eu puder."

"No Brasil, a galera é um pouco apressada. Querem que eles resolvam logo, que eles arrebentem com todos os campeonatos. A adaptação é difícil. É difícil chegar jogando em alto nível em um clube como Real Madrid e Barcelona. Mas, os dois estão surpreendendo. E isso demonstra que eles têm maturidade, uma personalidade que é surreal", disse o camisa 10 da seleção brasileira. "Tanto o Rodrygo quanto o Vinicius Jr. são jogadores de grande qualidade. Estão demonstrando isso no Real Madrid e estou torcendo para que eles possam vencer, desfrutar do futebol europeu. Eles estão há pouco tempo, vão criar experiência, amadurecer um pouco mais e vão ser muito melhores do que são agora."

Ver essa foto no Instagram

Allez Paris ??

Uma publicação compartilhada por ene10ta Érre ???????? ???? neymarjr (@neymarjr) em

BALANÇO 2019

Neymar também fez uma análise de 2019, um ano complicado para o jogador, que teve de passar por uma acusação de estupro, lesão e pouco sucesso nos gramados. "O ano de 2019 foi muito difícil para mim em todos os sentidos, tanto profissional quanto pessoalmente. Foi um ano de aprendizado, de muitas reviravoltas. Acabei me machucando e tive que voltar a me reerguer novamente. Depois, acabei me machucando novamente. Que 2020 seja melhor."

O atacante também destacou a campanha quase perfeita do PSG na primeira fase da Liga dos Campeões, ao liderar o Grupo A, com cinco vitórias e um empate, o que o credencia como uma das equipes favoritas a conquistar o título desta temporada. "Pode ser que sim. Em questão de elenco, desde que estou aqui, é o ano em que estamos mais preparados, mais fortes em todos os sentidos Temos chances, sim. Por mais que o Paris nunca tenha vencido a Champions League, a gente vai brigar por tudo. Sabemos da nossa qualidade, do nosso elenco e esperamos, obviamente, que no final de tudo possamos estar lá na decisão."

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias