Alvirrubro

Dal Pozzo viu Náutico superior ao Treze-PB e merecedor da vitória

Técnico também comentou sobre a atitude dos atletas de buscar o gol até o fim

klisman
klisman
Publicado em 21/07/2019 às 21:38
Notícia
Alexandre Gondim/JC Imagem
Técnico também comentou sobre a atitude dos atletas de buscar o gol até o fim - FOTO: Alexandre Gondim/JC Imagem
Leitura:

Na vitória contra o Treze-PB, por 1 a 0, o Náutico não repetiu o mesmo desempenho regular da partida contra o Ferroviário-CE. Mesmo assim, teve mais oportunidades de gol - devido também a baixa qualidade do rival paraibano - e poderia ter saído com um placar mais elástico. Só no primeiro tempo, Jefferson Nem perdeu quatros ótimas oportunidades. Diante dessa quantidade de gols perdidos, o técnico Gilmar Dal Pozzo pediu tranquilidade aos atletas.

''Falei para os atletas no intervalo que talvez não iremos criar tanto quanto no primeiro tempo, mas tínhamos que ser incisivos e definir a partida, e foi o que aconteceu. Com superioridade total em cima do adversário, não lembro de nenhuma oportunidade clara do adversário. Só aí já mostra que fomos melhores. É parabenizar o espírito dos atletas e a paciência de esperar o momentos certo para essa definição'', comentou o treinador.

O comandante alvirrubro também fez questão de exaltar a presença da torcida. Foram mais de 9 mil pessoas presentes na noite deste domingo (21). Uma mostra da confiança na classificação para a próxima fase da Série C. ''Parabenizar também a torcida pela conexão e é isso o que a gente quer. Porque o torcedor valorizou o empenho e a dedicação porque o time lutou do início ao fim'', disse.

POSTURA OFENSIVA

Depois da conversa no intervalo, o Timbu manteve a postura ofensiva, apesar dos erros técnicos de passe e finalização, pois sabiam da importância da vitória. A iniciativa fez valer quando Rafael Oliveira garantiu os três pontos com o gol de cabeça aos 34 minutos da segunda etapa, depois de um cruzamento do lateral-esquerdo Wilian Simões.

''Fomos muito insistentes e foi onde aconteceu o gol. A estratégia também deu certo e eu comentava nessa semana que essa estratégia não era por 20 minutos, 30 minutos iniciais. Ela teria que continuar até o fim do jogo com muita lucidez, e por isso deu certo porque eles trabalharam bem a semana e executaram'', avaliou Gilmar Dal Pozzo.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias