Amistoso

Jefferson defende pênalti e Náutico empata amistoso contra o Treze

Náutico teve dificuldades para criar jogadas ofensivas no amistoso

Fernando Marinho
Fernando Marinho
Publicado em 08/01/2020 às 22:03
Notícia
Léo Lemos/Náutico
Náutico teve dificuldades para criar jogadas ofensivas no amistoso - FOTO: Léo Lemos/Náutico
Leitura:

Em mais um teste para a temporada, o Náutico foi até Campina Grande, na Paraíba, e empatou em 0x0 contra o Treze, na noite desta quarta-feira. Com dificuldades para criar oportunidades de gol, o Timbu foi salvo no último lance do jogo pelo goleiro Jefferson, que defendeu um pênalti cobrado por Robson, aos 46 minutos. Foi o segundo amistoso do time alvirrubro que terminou empatado nesta pré-temporada. Antes, nos Aflitos, a equipe empatou com o ABC.

O duelo contra o Treze foi o penúltimo teste do Náutico antes da estreia no Campeonato Pernambucano, no dia 19 de janeiro, no clássico contra o Sport. No próximo domingo (12), às 16h, no estádio dos Aflitos, o time comandado pelo técnico Gilmar Dal Pozzo volta a enfrentar o Galo da Borborema em último amistoso preparatório antes do início oficial da temporada 2020.

O JOGO

Com a bola rolando, os primeiros minutos de jogo foram de muito estudo, com destaque para a marcação forte entre os times. Pelo lado do Treze, o atacante Caxito, com passagem pelo futebol pernambucano, era o jogador que mais oferecia perigo à defesa alvirrubra. Aos 11 minutos do primeiro tempo, após grande jogada do avançado paraibano, o atacante Mirandinha tocou na saída do goleiro Jefferson e balançou as redes. O assistente marcou impedimento e a arbitragem anulou o gol do Galo da Borborema.

A marcação do Treze era muito intensa depois da linha do meio de campo e o Náutico tinha dificuldades para furar o bloqueio, trocando passes na maioria do tempo no campo de defesa. Em uma das poucas oportunidades que teve no jogo, o Timbu conseguiu responder as investidas paraibanas com um bom ataque. Após rápida troca de passe no setor ofensivo alvirrubro, Matheus Carvalho recebeu a bola já cara a cara com o goleiro Jeferson, que fez boa defesa, evitando o primeiro gol do jogo, aos 23 minutos. 

Na reta final da primeira etapa, o Treze voltou a ter superioridade na partida. O Galo da Borborema se aproveitava dos erros de saída de bola do Náutico e investia no contra-ataque, principalmente no lado esquerdo da defesa alvirrubra. Apesar da posse de bola ter sido parecida entre as duas equipes, o time paraibano conseguia ser mais efetivo no ataque, assustando a meta do goleiro Jefferson.

SEGUNDO-TEMPO

Realizando o quarto amistoso da pré-temporada, o Treze se mostrava mais a vontade em campo, com mais entrosamento entre os jogadores. Foi dessa maneira que começou o segundo tempo do jogo. Com o decorrer da etapa, como é característica de amistosos, as equipes começaram a modificar os jogadores. O volante Wagninho e o meia-atacante Jorge Henrique entraram nas vagas de Luanderson e Jean Carlos e dos jogadores reservas foram os que mais tiverem tempo em campo.

Com a entrada do atacante Guillermo Paiva, o técnico Gilmar Dal Pozzo promoveu uma mudança tática no Náutico, que passou a jogar sem atacantes de lado. Matheus Carvalho se juntou a Jorge Henrique na criação das jogadas e o atacante paraguaio atuou avançado ao lado do centroavante Salatiel. A formação tática durou cerca de dez minutos. Depois, já nos minutos finais do jogo, o goleiro Jefferson defendeu um pênalti cobrado por Robson, garantindo o zero no placar.

FICHA DO JOGO

Treze: Jeferson; Nilson Júnior (Rafael Araújo), Eduardo e Breno Calixto; Gustavo (Edson), Robson, Patrick (Dedé), Carlos Alexandre (Jânio) e Gilmar (Tales); Mirandinha e Caxito (Alessandro Nonato). Técnico: Celso Texeira. Esquema: 3-5-2.

Náutico: Jefferson; Bryan (Bahia), Rafael Ribeiro, Fernando Lombardi e Wilian Simões; Luanderson (Wagninho), Rhaldney e Jean Carlos (Jorge Henrique); Matheus Carvalho (Erick Daltro), Álvaro (Guillermo Paiva) e Salatiel (Jefferson Nem). Técnico: Gilmar Dal Pozzo. Esquema: 4-3-3.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias