campeonato

Rooney é titular e Manchester fica no 0 a 0 com Chelsea

Times fizeram nesta segunda-feira o primeiro grande clássico do Campeonato Inglês na atual temporada

Vanessa Araújo
Vanessa Araújo
Publicado em 26/08/2013 às 19:14
Leitura:

Manchester United e Chelsea fizeram nesta segunda-feira o primeiro grande clássico do Campeonato Inglês na atual temporada. Mas a emoção que se espera de um jogo entre duas das principais forças do país ficou apenas na expectativa e o que se viu no campo de Old Trafford foi uma atuação fraca de ambas as equipes, que fez com que o empate por 0 a 0 ao fim dos 90 minutos representasse um resultado justo.

O confronto era válido pela segunda rodada do Inglês, mas foi a terceira partida do Chelsea na competição - na quarta-feira, venceu o Aston Villa em jogo adiantado da terceira rodada. Com isso, o time londrino é o líder da tabela, com sete pontos, um a mais que Liverpool e Tottenham, que atuaram duas vezes.

Também com dois jogos aparece o Manchester United, quarto colocado, com quatro pontos. Nesta segunda-feira, a principal novidade no time de David Moyes foi o atacante Rooney. Ele havia sido reserva na estreia e vem sendo cobiçado por diversos clubes inclusive o Chelsea. Apesar de ter atuado, sua permanência em Old Trafford ainda é incerta.

Mesmo jogando fora de casa, o Chelsea começou melhor nesta segunda, comandando as ações, mas não conseguia invadir a área do Manchester United, que respondeu e passou a atacar o gol de Cech. No entanto, as equipes seguiam esbarrando nas defesas adversárias e o primeiro tempo terminou sem gols.

A etapa final começou mais movimentada e Rooney começou a incomodar a defesa adversária. Aos 10 minutos, ele entrou pelo meio e deu linda enfiada de bola para Welbeck, que dominou e bateu buscando o ângulo de Cech, mas jogou para fora.

Não demorou para que o Chelsea respondesse, e apenas três minutos depois Cahill aproveitou sobra de bola e arriscou de longe. De Gea caiu e fez bela defesa. No lance seguinte, Schürrle recebeu em profundidade e acertou o travessão, mas já estava impedido.

Mas o segundo tempo era mesmo do Manchester, que voltou a levar perigo com Rooney. Aos 32, ele arriscou de longe e Petr Cech fez grande defesa. Dez minutos depois, a equipe teve a melhor chance do jogo. Após cruzamento da direita, Cahill afastou mal e Valencia cabeceou para o meio da área. A bola sobrou com Van Persie, que bateu em cima de Mikel. No rebote, nova oportunidade para o Manchester, com Evra, que bateu para fora.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias