Rúgbi

De olho na Olimpíada, Brasil enfrenta Austrália pelo Mundial de rúgbi

Torneio vai acontecer no próximo fim de semana em Las Vegas, nos Estados Unidos

Haim Ferreira
Haim Ferreira
Publicado em 12/02/2015 às 16:27
Foto: Reprodução da Internet
Torneio vai acontecer no próximo fim de semana em Las Vegas, nos Estados Unidos - FOTO: Foto: Reprodução da Internet
Leitura:

Visando a disputa da Olimpíada do Rio-2016, a seleção brasileira masculina de rúgbi estreia, na próxima sexta-feira (13), na quinta etapa do Série Mundial de Sevens, que vai acontecer em Las Vegas, nos Estados Unidos. Ao todo, 16 países irão participar da competição. Na primeira fase, o Brasil irá enfrentar a Austrália, França e Escócia.

“Estamos em uma chave muito dura em Las Vegas, com três equipes de ponta. Costumamos brincar que esta é a ‘Fórmula 1’ do rugby sevens, pois conta com as melhores equipes do mundo, e nossas participações são importantes para que nos acostumemos a competir neste nível”, afirma Fernando Portugal, capitão do Brasil.

As partidas serão divididas ao longo de três dias. De sexta para sábado, o Brasil enfrenta Austrália e Escócia, no primeiro dia de jogos. Na tarde de sábado, os Tupis jogam com a França, encerrando a fase de grupos. No mesmo dia começa o mata-mata, com as quartas de final. As semifinais e as finais ocorrem no domingo.

Essa será a quinta etapa das nove que estão previstas pela World Rugby (federação internacional da modalidade). Por ser convidada, a seleção brasileira só irá participar mais dois circuitos, já que disputou a edição de Dubai, em Dezembro. Após o desafio nos Estados Unidos, o Brasil ainda vai competir na edição de Londres, no mês de maio.

“Chegamos a Las Vegas mais preparados e competitivos do que estávamos na etapa de Dubai. Fizemos bons torneios na América do Sul, onde conquistamos as vagas para o Pan-Americano de Toronto e o qualifier de Hong Kong. Acima de tudo, pudemos nos encontrar como equipe neste ambiente de competição”, finaliza Portugal.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias