Automobilismo

Alonso recebe alta de hospital, mas perderá última sessão de testes

Piloto acidentou-se no último domingo, durante a parte matinal do treino em Montmeló

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 25/02/2015 às 14:32
Foto: DIMITAR DILKOFF / AFP
Piloto acidentou-se no último domingo, durante a parte matinal do treino em Montmeló - FOTO: Foto: DIMITAR DILKOFF / AFP
Leitura:

Depois de passar as três últimas noites no Hospital Geral da Catalunha por conta do acidente sofrido durante os testes da pré-temporada da F-1 em Barcelona, Fernando Alonso recebeu alta nesta quarta-feira (25), mas não participará da última sessão de ensaios, que começa nesta quinta-feira (26), no mesmo circuito de Montmeló.

De acordo com a McLaren, o bicampeão mundial foi para a casa de sua família, na Espanha, para continuar a se recuperar da concussão sofrida no domingo (22).

"Fernando ficará de fora deste último teste da pré-temporada, no qual ele deveria se revezar com Jenson Button. Kevin Magnussen, piloto reserva da equipe, irá substituí-lo", declarou o time inglês em breve comunicado.

A McLaren não divulgou no entanto a programação completa para os próximos dias de testes. Apenas informou que Button abrirá os trabalhos para o time nesta quinta-feira e que mais tarde irá definir quem treinará cada dia até domingo.

O time também não mencionou em seu comunicado se Alonso estará em condições para disputar a prova que abre o Mundial deste ano, no próximo dia 15, na Austrália.

Alonso acidentou-se no último domingo, durante a parte matinal do treino em Montmeló.

Como não há imagens do acidente, muitas especulações sobre a batida surgiram no paddock. De acordo com a versão da McLaren, a causa da batida foi o forte vento que soprava no local no momento.

Alonso perdeu o controle do carro na Curva 3 do circuito e o impacto se deu com a parte direita do carro no muro.

De acordo com Sebastian Vettel, da Ferrari, que vinha logo atrás do espanhol no momento do acidente, Alonso estava a cerca de 150 km/h.

O tetracampeão mundial classificou a batida como "estranha".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias