natação

Joanna Maranhão comemora classificação na quarta olimpíada da carreira

Aos 28 anos, pernambucana já garantiu participação nos 400m medley do Rio-2016. Nos próximos dias, ela buscará o índice em mais três provas

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 17/12/2015 às 16:11
Ricardo Labastier/JC Imagem
Aos 28 anos, pernambucana já garantiu participação nos 400m medley do Rio-2016. Nos próximos dias, ela buscará o índice em mais três provas - Ricardo Labastier/JC Imagem
Leitura:

Joanna Maranhão foi o grande destaque da manhã do segundo dia do Aberto de Palhoça, em Santa Catarina. A pernambucana conquistou a classificação nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro na prova que mais gosta de nadar: os 400m medley. Com o tempo de 4min40seg78, ela confirmou sua participação na quarta olimpíada na carreira e conta, com orgulho, que a prova e o sonho olímpico vão mudar sua vida mais uma vez.

"Nem nos meus sonhos mais otimistas, eu imaginava que aos 28 anos estaria nadando tão feliz. E ainda classificada para minha quarta olimpíada. Ainda mais numa prova que me ensinou/ensina tanto! É incrível a felicidade que sinto quando tenho mais uma oportunidade de nadar essa prova", comemorou a nadadora. "Foi ainda mais especial com a vibração do meu técnico, minha mainha, psicóloga e o Mário Sérgio Conti, que está me ajudando a contar a história da minha vida e veio até aqui pra vivenciar mais esse capítulo. Rio 2016, você agora é real! Que seja lindo, desafiador e que me transforme num ser humano melhor", escreveu Joanna, nas suas redes sociais. 

Os 400m medley é realmente uma prova especial para a pernambucana. Foi com a modalidade que Joanna se classificou para a primeira edição dos Jogos com 17 anos, em Atenas-2004. Na época, ela conquistou o 5º lugar e fez o melhor resultado da natação feminina do Brasil até hoje. De lá para cá, foram 11 anos de muitas conquistas e um tabu particular quebrado com maestria nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no último mês de julho. Na ocasião, Joanna bateu seu próprio recorde com o tempo de 4min38seg07, ficando com bronze continental. 

 


Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias