WSL

Mineirinho é campeão mundial de surfe

Conquista eleva Brasil ao topo do surfe mundial pelo segundo ano consecutivo

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 17/12/2015 às 18:58
WSL/Divulgação
Conquista eleva Brasil ao topo do surfe mundial pelo segundo ano consecutivo - WSL/Divulgação
Leitura:

O Brasil está no topo do surfe mundial pelo segundo ano consecutivo. Depois de Gabriel Medina em 2014, chegou a vez de Adriano de Souza, o Mineirinho, conquistar o tão sonhado título da Liga Mundial de Surfe (WSL). Para erguer o troféu que perseguiu por 10 anos na elite, Mineiro contou com valiosa ajuda de Medina. O “Fenômeno de Maresias” venceu Mick Fanning na primeira semifinal e deixou o compatriota dependendo apenas dele mesmo para ser campeão. Como derrotou o havaiano Madson Ho na outra semi por 6.83 a 3.83, Mineirinho se sagrou o novo campeão mundial de surfe.

“Eu quero agradecer muito a Deus por esse momento e a Ricardinho (Ricardo dos Santos, surfista e amigo de Mineirinho assassinado este ano). Fiz uma tatuagem em homenagem a ele que diz: força, equilíbrio e amor. Ele dizia que eu precisava disso para ser campeão mundial. Também dedico ao meu irmão. Com R$ 30, ele comprou a minha primeira prancha. Na época, eu sabia que esse valor era muito para ele. Mas por R$ 30 eu estou no topo do mundo”, disse Mineirinho bastante emocionado.

O novo campeão mundial entra no mar em instantes contra o compatriota Gabriel Medina para fazer a final do Pipe Masters. É a primeira vez na história do Mundial de Surfe que dois competidores do País disputam o título da etapa mais tradicional do esporte.

 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias