Festa

Baía Formosa comemora título de Ítalo Ferreira de forma inusitada

Potiguar natural da vila de pescadores a aproximadamente 100 quilômetros de Natal (RN) se tornou o primeiro nordestino campeão mundial de surfe

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 20/12/2019 às 17:50
WSL
Potiguar natural da vila de pescadores a aproximadamente 100 quilômetros de Natal (RN) se tornou o primeiro nordestino campeão mundial de surfe - FOTO: WSL
Leitura:

Logo após Ítalo Ferreira se tornar o primeiro nordestino campeão mundial de surfe da história, na última quinta-feira (19), a pequena cidade de Baía Formosa (RN) entrou em festa. Vários moradores da vila de pescadores, com pouco mais de 8 mil habitantes, pegaram suas motos e trataram de promover um buzinaço em homenagem ao seu filho mais ilustre. Ítalo garantiu a taça do Circuito Mundial da WSL ao derrotar o bicampeão mundial Gabriel Medina na final do Bollabong Pipe Masters, no Havaí.

 Nas quartas de final do evento, o título da temporada já estava garantido para o Brasil. Restava então saber se Gabriel Medina voltaria a erguer o troféu, pelo segundo ano seguido, ou se Ítalo conseguiria o primeiro título da carreira. Os dois seguiram superando seus adversários até se encontrarem na final. Desde o começo da bateria, Ítalo dominou Medina e não deu brechas para o oponente, garantindo a taça com vitória por 15.56 a 12.94.

O título mundial de Ítalo é o quarto do Brasil nos últimos seis anos, em uma sequência que começou com Gabriel Medina, em 2014. No ano seguinte, foi a vez de Adriano de Souza, o Mineirinho, se consagrar. Em 2016 e 2017, o havaiano John John Florence dominou o Circuito, enquanto Medina voltou a ganhar em 2018 e Ítalo se sagrou o campeão de 2019.

CONFIRA O BUZINAÇO EM BAÍA FORMOSA

Últimas notícias