Rio 2016

Thiago Pereira salva noite na natação com vaga na final do medley

Carioca fez o terceiro melhor tempo na semifinal da prova, atrás apenas de Ryan Lochte e Michael Phelps

Diego Toscano
Diego Toscano
Publicado em 10/08/2016 às 23:56
Martin BUREAU / AFP
Carioca fez o terceiro melhor tempo na semifinal da prova, atrás apenas de Ryan Lochte e Michael Phelps - FOTO: Martin BUREAU / AFP
Leitura:

A noite desta quarta-feira (10), no Parque Aquático do Rio, era de muita expectativa para os brasileiros na natação. Pela primeira vez, a delegação do Brasil teria cinco atletas disputando decisões, entre semifinais e finais. Mas o resultado não foi nada agradável: apenas Thiago Pereira conseguiu o seu objetivo, passando para a decisão nos 200m medley. No resto, a pernambucana Etiene Medeiros, Marcelo Chierighini, Leonardo de Deus e Henrique Rodrigues não nadaram bem e amargaram posições ruins nos 100m livre (feminino e masculino), 200m costas e 200m medley, respectivamente.

A pernambucana Etiene Medeiros começou bem e chegou a virar entre as três primeiras nos 50 metros iniciais. Porém, sentiu o cansaço e terminou a sua semifinal do 100m livre com o último tempo, marcando 54s59. Mesmo assim, a nadadora se mostrou feliz com o resultado e ressaltou o espírito olímpico no Rio. “A estratégia era mesmo forçar no início, mas acabei ficando sem fôlego e cansando. Esporte não é só dentro da água, na quadra ou no tatame. O povo brasileiro precisou da Olimpíada para ver a união dos povos. Eu estou muito feliz por isso”, disse Etiene.

O segundo a nadar no Parque Aquático foi Leonardo de Deus. Depois de passar bem nas eliminatórias, à tarde, o mato-grossense não foi bem na sua bateria da noite. Sempre atrás, o nadador brasileiro terminou na sexta posição da sua semifinal e no 13º lugar geral, com 1m57s67. Único brasuca a competir em final, Marcelo Chierighini começou entre os líderes nos 100m livre, mas cansou e ficou muito para trás, ficando em oitavo.

Fechando a participação dos brasileiros, Thiago Pereira foi a grande surpresa da noite. Na semifinal dos 200m medley, o carioca passou com o terceiro melhor tempo para a final, atrás apenas dos norte-americanos Ryan Lochte e Michael Phelps. Já Henrique Rodrigues, ficou com o nono tempo e, por 38 centésimos, não foi pra final.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias