Rio 2016

Pernambucana brilha, Brasil vence Austrália e está nas semifinais do futebol feminino

Nos pênaltis, seleção feminina venceu as australianas no Mineirão

JC Online
JC Online
Publicado em 13/08/2016 às 0:53
GUSTAVO ANDRADE / AFP
Nos pênaltis, seleção feminina venceu as australianas no Mineirão - FOTO: GUSTAVO ANDRADE / AFP
Leitura:

Foi no sufoco dos penalidades, com direito a cobrança perdida por Marta e duas defesas da pernambucana Bárbara, mas a seleção feminina está novamente entre as quatro melhores seleções de uma Olimpíada. Na madrugada da quinta (12) para a sexta (13), no Mineirão, o Brasil bateu a Austrália por 7x6 nos pênaltis e carimbou seu passaporte para a semifinal, na próxima terça (16), às 13h, contra a Suécia.

O JOGO

A Austrália começou melhor o jogo. O Brasil, sentindo a falta da machucada atacante Cristiane, pouco ofendeu a meta australiana. Mesmo assim, a melhor chance da primeira etapa ainda foi brasileira, com Debinha, de cara pro gol, chutando por cima.

No segundo tempo, o time brasileiro entrou mais ligado e pressionou as australianas, com Andressa Alves perdendo duas boas chances. A Austrália respondeu no finalzinho, mas o travessão tirou o gol de Logarzo e mandou o jogo para a prorrogação.

Nela, poucas chances e duas equipes exaustas. O Brasil procurou mais o jogo, principalmente com a craque Marta, mas as redes continuaram sem balançar. A emoção ficou para a marca da cal.

Nas penalidades, foram 16 cobranças ao todo, oito para cada lado. Marta perdeu a quinta cobrança do Brasil, mas Bárbara salvou a seleção duas vezes: pegou os chutes de Katrina Gorry e Allana Kennedy e botou o Brasil nas semifinais.

MAIS JOGOS

A busca pelo tetra consecutivo dos Estados Unidos acabou na última quinta (12). Em Brasília, a seleção dos EUA foi eliminada pela Suécia nos pênaltis após empate por 1x1. A outra semifinal será disputada entre Alemanha e Canadá. Elas se classificaram ao vencerem seus confrontos para China e França, respectivamente.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias