RIO-2016

Jamaica poupa Bolt mas se classifica para a final do revezamento.

A Jamaica ficou com o quinto lugar entre os oito finalistas

AFP
AFP
Publicado em 18/08/2016 às 15:15
Foto: AFP
A Jamaica ficou com o quinto lugar entre os oito finalistas - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

A Jamaica se classificou para a final do revezamento 4x100 metros dos Jogos Olímpicos do Rio-2016 ao chegar na segunda posição de sua série e poupando Usain Bolt, que disputa nesta quinta-feira (18) a final dos 200 metros.

Os jamaicanos, com um quarteto formado por Jevaughn Minzie, Asafa Powell, Kemar Baley Cole e Nickel Ashmeade, marcaram o seu melhor tempo da temporada (37.94), mas foram surpreendidos pelo Japão (37.68), que quebrou o recorde da Ásia.

"Eu amo este esporte e gosto de correr rápido e competir", afirmou o veterano Asafa Powell, de 33 anos, que fazia parte do revezamento jamaicano que conquistou o ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim de 2008 e nos Mundiais de Berlim-2009 e Pequim-2015.

"O que mais me preocupava era o início da corrida e passar bem o bastão. Os meus colegas estão muito motivados, eles querem ganhar e isso me tranquiliza", acrescentou.

"Mas havia um pouco de pressão para chegar até a final, já que foi a primeira vez que eu corri uma prova importante com esses dois caras jovens", disse Powell, referindo-se a Minzie e Bailey-Cole.

Bolt estará no quarteto na final, na sexta-feira, onde buscará seu terceiro ouro, após disputar nesta quinta-feira os 200 metros e depois de conquistar o título dos 100m no domingo.

A Jamaica ficou com o quinto lugar entre os oito finalistas. Na primeira série, Estados Unidos (37.65), China (37.82) e Canadá (37,89) fizeram melhores tempos.

Os Estados Unidos também apresentaram uma equipe suplente com Mike Rodgers, Christian Coleman, Tyson Gay e Jarrion Lawson.

Justin Gatlin, o melhor velocista americano, também foi poupado, depois que sentiu dores na quarta-feira após não se classificar para a final individual dos 200 metros.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias