SANTA CRUZ

Santa Cruz começa 2019 'um passo à frente' de 2018

Após erros de 2018, clube cumpre planejamento para ter uma temporada melhor

Diego Borges
Diego Borges
Publicado em 01/01/2019 às 9:00
Foto: Filipe Jordão / JC Imagem
Após erros de 2018, clube cumpre planejamento para ter uma temporada melhor - Foto: Filipe Jordão / JC Imagem
Leitura:

O ano de 2019 começa com ar de esperança no Santa Cruz. E muito por conta do aprendizado com os erros - que não foram poucos - cometidos no ano passado. Eliminações precoces e vexatórias, atrasos salariais e apostas sem sucesso em treinadores e até jogadores que deixaram o Arruda sem ao menos entrar em campo.

Falhas que o presidente Constantino Júnior reconhece, mas condiciona ao curto tempo de planejamento para a temporada passada. “Erros existiram. Temos que fazer a mea culpa mesmo. Mas existiram muitas dificuldades. Foi um ano atípico, com eleição no mês de dezembro e a gente tinha saído da Série B para a C. Mudamos o patamar e ficamos com pouquíssimos atletas. A gente não tinha o trabalho de base que tivemos este ano e o pouco tempo de trabalho atrapalhou”, aponta.

Para não repetir os erros, o clube tem dado passos diferentes do início do trabalho de 2018. Até aqui, já são 30 dias de preparação, com 28 atletas no elenco, sendo oito promovidos da base neste período, nove remanescentes do ano passado e 11 contratados, e cerca de seis nomes a ser anunciados. Somado a isso, contar com um campo exclusivo para treinar e preservar o gramado do Arruda reforça a expectativa de dias melhores para o Tricolor.

“Mantivemos para 2019 uma espinha dorsal e começamos o trabalho bem mais cedo. O que dá uma qualificação maior no trabalho e uma condição física melhor, que é o que prevalece no início do ano. O lado físico conta muito”, reforça Tininho, que compara os dois trabalhos de pré-temporada. “Traçando paralelo, acho que o Santa Cruz começa 2019 com um passo à frente. Porém, nem por isso a gente pode relaxar. É trabalhar mais. E isso não tem faltado”, garante.

TÉCNICO, DIRETORIA E TORCIDA

O mandatário coral valoriza ainda o trabalho da comissão técnica e do departamento de futebol. “O nosso treinador Leston Júnior é extremamente profissional e tem se dedicado de corpo e alma ao projeto do Santa Cruz, e o nosso executivo Luciano Sorriso desempenhando um trabalho fundamental.”

E convoca a torcida - que também deixou a desejar em 2018, diga-se - como parte fundamental para o sucesso ao longo da temporada.“A gente pede ao torcedor que acredite, ajude e apoie. Certamente vamos fazer uma temporada melhor do que foi em 2018. O ano de 2019 será diferente. Quando a gente se une, diminui as dificuldades. Desde o mais humilde funcionário ao presidente dando as mãos para que a gente possa ter uma temporada de êxito e de sucesso. Condizente com a nossa história”, completa Constantino.

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias