ARTILHEIRO

Em alta no Sport, Hernane agora é 'Brocagol'

Centroavante já marcou nove gols com a camisa rubro-negra na temporada

Filipe Farias
Filipe Farias
Publicado em 08/04/2019 às 7:49
Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem
Centroavante já marcou nove gols com a camisa rubro-negra na temporada - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/ JC Imagem
Leitura:

O centroavante Hernane foi rebatizado pela torcida do Sport. Nada de Brocador. Agora, o camisa 9 é ‘Brocagol’. Os bons números do jogador contribuíram para que o apelido pegasse entre os torcedores. Nas 12 partidas disputadas pelo Leão na temporada, Hernane marcou nove gols e é o artilheiro isolado do Campeonato Pernambucano.

Mesmo com a boa fase, o centroavante leonino faz questão de dividir os méritos com o restante do plantel. “Temos um grupo forte. Nossa equipe é muita qualificada, estamos chegando bastante ao ataque e por isso os gols estão saindo. Só quem tem a ganhar com isso é o Sport”, comentou Brocagol.

Agora, o Leão tem pela frente o Náutico, na final do Pernambucano. E, assim como aconteceu ontem diante do Salgueiro, o camisa 9 espera contar com o apoio dos torcedores rubro-negros para conquistar o título Estadual. “Ficamos felizes porque os nossos torcedores compareceram para nos apoiar. Sabemos como a torcida do Sport é forte e sempre vai estar presente nos apoiando. Esse carinho que estamos recebendo é importante nessa reta final. Hoje (ontem) tivemos o maior público do ano (22.117 torcedores) e esperamos que na final (no segundo confronto, disputado na Ilha do Retiro) possamos ter um público ainda maior. Quando a torcida e os jogadores jogam juntos é difícil parar o Sport”, contou Hernane.

Além do objetivo coletivo, o camisa 9 do Sport tem deixado claro um de seus objetivos pessoais, que é superar a sua melhor marca de gols em uma única temporada. O recorde de Hernane aconteceu em 2013, quando ele ainda vestia a camisa do Flamengo. Naquele ano, o centroavante marcou 36 gols em 58 partidas disputadas, uma média de 0,6 gol por jogo. Atualmente, a sua média no Sport é de 0,81 gol por partida (9 gols em 11 partidas). Porém, se atuar em todos os jogos restantes do Sport na temporada, ele só irá chegar a 51 partidas - sete a menos que em 2013.

CONCORRÊNCIA

Para o técnico Guto Ferreira, o bom momento de Hernane com a camisa do Sport se deve bastante a forte concorrência dentro do elenco rubro-negro. “A força de Maílson está no Magrão; a de Norberto, no Raul Prata; a de Rafael Thyere e de Adryelson, nos meninos da zaga, Renato Oliveira, Walber, Cleberson, Chico; a de Sander, no Lazaroni; e a de Hernane está no Elton. O que eles treinam no dia a dia faz com que aqueles jogares que estão jogando não vacilem em campo. Isso é a força do grupo. E todos se respeitam bastante. Basta ver na comemoração dos gols... Todos se cumprimentam e vibrar um com o outro. Com um bom time vencemos partidas, mas com um bom grupo vencemos campeonatos. E temos um grupo forte”.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias