Leão

Fevereiro ingrato: calendário marca mais oito partidas para Sport

O Sport enfrentou o Vitória no último domingo e tem mais oito jogos pelo Estadual, Copa do Nordeste e Copa do Brasil

Davi Saboya
Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 03/02/2020 às 7:09
Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
O Sport enfrentou o Vitória no último domingo e tem mais oito jogos pelo Estadual, Copa do Nordeste e Copa do Brasil - FOTO: Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Leitura:

O mês de fevereiro chegou e junto com ele no fim do Carnaval um dos dias mais "odiados" entre os brasileiros: a quarta-feira ingrata. Mas para o Sport não será apenas uma data ingrata. E sim, todo o mês. Isso porque o Leão tem mais oito jogos marcados, além do primeiro disputado no último sábado e que acabou empatado diante do Vitória na segunda rodada da Copa do Nordeste. Pelo torneio regional, serão mais três: Imperatriz, Náutico e América-RN. No Estadual, quatro partidas: Retrô, Decisão, Salgueiro e Afogados. Fora o Brusque na primeira fase da Copa do Brasil.

> Reforço do Sport, Lucas Mugni diz que 'queria muito voltar' ao Brasil
> Sport oscila, paga caro e empata com Vitória pela Copa do Nordeste
> ''Temos que continuar trabalhando'', afirma meia argentino do Sport

Para o Sport buscar as vitórias nas competições, o técnico Guto Ferreira revelou que não existe outro jeito que não seja trabalhar com dois times. Ou até três. Fórmula essa que o treinador vem adotando desde o começo da pré-temporada. A equipe considerada titular joga o Nordestão e a alternativa o Pernambucano. No banco, os pratas da casa são muitas das opções. Desses, seis jovens foram promovidos do elenco que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

"Desde o primeiro momento estou treinando duas equipes e mais uma. Até agora, acho que 80% do nosso grupo já entrou em campo. Não tem outro jeito. Treino dois times e vou fazendo uma mudança aqui, outra ali. Essa semana, inclusive, foge das regras do jogo, pois estaremos em campo terça e quinta. Como fazer isso? Ajustando as situações. O que se fala para fazer nessas situações? Colocar time alternativo. Não tenho nem mais o poder de escolha", afirmou Guto.

"Independente da competição. É o Sport que estará em campo. E precisamos colocar um Sport competitivo. Para ser competitivo, o jogador tem que está zerado. Hoje temos dois Sport em um", completou o treinador.

De toda a maratona de fevereiro, a semana mais intensa começou nesse domingo. Depois de empatar com o Vitória, o elenco rubro-negro se reapresentou de olho na partida desta terça-feira diante do Retrô pela quinta rodada do Estadual. Na quinta-feira, o Leão já enfrenta o Imperatriz pela Copa do Nordeste. Depois, no domingo, visita o Decisão, em Caruaru, Agreste do Estado, de novo pelo Pernambucano.

Contra o Retrô e o Imperatriz, o Sport volta a jogar na Ilha do Retiro. Mas apenas diante do Imperatriz, a torcida vai ver força máxima. No jogo de amanhã, será o time alternativo. A provável escalação é com Mailson; Ewerthon, Adryelson (Cleberson), Chico e Luciano Juba; Ronaldo, Rithely e Alê Santos (Pardal); Marquinhos, Ewandro e Juninho (Hernane Brocador).

RITHELY E BROCADOR

A grande novidade fica por conta do volante Rithely. Ainda em recuperação física, ele não foi nem sequer relacionado para o último jogo contra o Vitória. Depois de dois anos em baixa no Internacional, onde disputou apenas 16 jogos, o camisa 21 tem 155 minutos jogados no retorno ao Sport: parte do empate contra o Vitória das Tabocas e todo o triunfo contra o Central.

Situação parecida vive o atacante Hernane Brocador. Porém, mais tranquila. Artilheiro do Leão na temporada passada, ele foi o último a se reapresentar e corre contra o tempo para recuperar a vaga no time titular. Atualmente, a referência no pelotão de frente rubro-negro tem ficado por conta de Elton no time principal.

Últimas notícias