Transporte

Capitais brasileiras registram aumento nas tarifas de ônibus desde o fim de 2014

No Recife, Está previsto para a próxima sexta-feira (9) o início das discussões sobre nova tarifa.

Da Agência Brasil
Da Agência Brasil
Publicado em 06/01/2015 às 16:53
Foto: Ver.2.00
No Recife, Está previsto para a próxima sexta-feira (9) o início das discussões sobre nova tarifa. - FOTO: Foto: Ver.2.00
Leitura:

Entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015, diversas capitais brasileiras tiveram aumento das tarifas de ônibus. A partir de hoje (6), o preço do transporte coletivo na cidade de São Paulo aumenta de R$ 3 para R$ 3,50. No Rio de Janeiro, desde 2 de janeiro, as passagens de ônibus municipais subiram de R$ 3 para R$ 3,40. Em Boa Vista (RR), no mesmo dia 2 de janeiro, a tarifa do transporte coletivo foi reajustada de R$ 2,60 para R$ 2,80.

Em Belo Horizonte, desde 29 de dezembro as tarifas de ônibus municipais passaram de R$ 2,85 para R$ 3,10. No dia 7 de dezembro, em Rio Branco, no Acre, a passagem paga em dinheiro subiu para R$ 2,90 e o bilhete eletrônico para R$2,75.

Desde 11 de novembro, a tarifa do transporte coletivo em Curitiba e mais 13 municípios vizinhos passou de R$ 2,70 para R$ 2,85. Em Campo Grande, não há previsão de reajuste para 2015. O último ocorreu em novembro de 2014, quando subiu de R$ 2,70 para os atuais R$ 3.

Em Porto Alegre, a tarifa subiu, em abril de 2014, de R$ 2,80 para R$ 2,95. A prefeitura aguarda o dissídio coletivo dos rodoviários, em fevereiro, para decidir sobre novo reajuste. Em Florianópolis, a tarifa é R$ 2,75 em dinheiro e R$ 2,58 no cartão eletrônico desde maio de 2014. Até o momento, não há previsão de reajuste.

Em Goiânia, o último reajuste ocorreu em maio de 2014, quando as passagens dos ônibus que circulam na capital e mais 18 municípios da região metropolitana subiram de R$ 2,70 para R$ 2,80. O reajuste ou não da tarifa normalmente é discutido entre março e abril.

Não há previsão de reajustes no Distrito Federal, onde os preços das passagens de ônibus variam entre R$ 1,5 e R$ 3.

Em Cuiabá, o estudo do cálculo tarifário do transporte coletivo, feito pela Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte Urbano, indica que a tarifa de ônibus deve ser de R$ 3,20. O valor representa aumento de 14,2% em relação aos R$ 2,80 cobrados atualmente. A tarifa será analisada pelo Conselho Municipal de Transportes na segunda quinzena de janeiro. O valor também deverá ser aprovado pelo prefeito.

Em Manaus, ainda não há definição sobre reajuste em 2015. A tarifa de ônibus local é R$ 2,75 desde julho de 2013. Em Vitória, a tarifa é R$ 2,40 desde junho de 2013 e ainda não há previsão de reajuste. Em Maceió, o último reajuste ocorreu em 2012, quando a tarifa passou de R$ 2,30 para R$ 2,50. A Associação dos Transportadores de Passageiros do Estado de Alagoas pediu revisão do valor e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió informou que vai elaborar um relatório demonstrando que não há necessidade de reajuste.

Em Fortaleza, o último reajuste ocorreu em dezembro de 2012, fixando o valor da passagem em R$ 2,20. A secretaria responsável pelo transporte urbano está analisando pedido de reajuste da tarifa e deve ter posicionamento até o fim do mês.

No Recife, a tarifa também subiu pela última vez em 2012. Em 2013, houve redução de R$ 0,10 e atualmente o valor é R$ 2,15 no anel viário, que responde pelo transporte de 80% da população. Está previsto para a próxima sexta-feira (9) o início das discussões sobre nova tarifa.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias