Petrobras

Segurança nas plataformas já foi tema na CPI da Petrobras no Senado

Na época, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e empregados da Petrobras cobravam a ANP maior fiscalização nas condições de trabalho nas plataformas de produção espalhadas pelo litoral brasileiro

Da Folhapress
Da Folhapress
Publicado em 11/02/2015 às 18:05
Foto: Agência Petrobras
Na época, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e empregados da Petrobras cobravam a ANP maior fiscalização nas condições de trabalho nas plataformas de produção espalhadas pelo litoral brasileiro - FOTO: Foto: Agência Petrobras
Leitura:

A falta de segurança nas plataformas de exploração de petróleo no país já foi sinal de preocupação de parlamentares e sindicalistas.

Em julho do ano passado, a diretora-geral da ANP (Agência Nacional de Petróleo), Magda Chambriard, compareceu a CPI da Petrobras do Senado para prestar depoimento acerca das condições de segurança e fiscalização nas plataformas.

Na ocasião, Chambriard admitiu que a agência não fiscaliza plataformas que são lançadas ao mar sem terem iniciado as atividades de exploração de petróleo.

"Nas plataformas de produção, a ANP só inicia sua atuação quando a plataforma inicia também sua produção", afirmou.

"Quando uma plataforma sai do estaleiro, ela não tem a obrigatoriedade de estar 100% pronta. Pode se concluir na locação. Não há regulamentação da ANP que impeça o operador de fazer isso. Mas o operador tem que submeter à ANP a análise de risco desse procedimento", disse.

Na época, a FUP (Federação Única dos Petroleiros) e empregados da Petrobras cobravam a ANP maior fiscalização nas condições de trabalho nas plataformas de produção espalhadas pelo litoral brasileiro.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias