PREMIAÇÃO

Fernando de Noronha é eleito o 9º destino mais acolhedor do mundo

O prêmio da plataforma digital Booking.com elegeu 10 destinos mais acolhedores

Rute Arruda
Rute Arruda
Publicado em 09/01/2019 às 18:50
Foto: EBC
O prêmio da plataforma digital Booking.com elegeu 10 destinos mais acolhedores - FOTO: Foto: EBC
Leitura:

O arquipélago brasileiro Fernando de Noronha é um dos 10 destinos mais acolhedores do mundo, segundo o prêmio da Booking.com. Todos os anos a plataforma digital premia as localidades brasileiras que oferecem os melhores serviços aos hóspedes e, consequentemente, receberam as melhores notas pelo atendimento prestado com o "Guest Review Award".

Com a avaliação dos hóspedes, pela primeira vez foram feitas listas dos lugares mais acolhedores do mundo. O ineditismo se dá pelo fato da quantidade de lugares que vão receber o prêmio.

Confira a lista dos destinos mais acolhedores

1º Goreme, na Turquia;
2º Slunj, na Croácia;
3º Eluabi, em Taiwan;
4º Niagara on the lake, no Canadá;
5º Lake Tekapo, na Nova Zelândia;
6º Bendigo, na Austrália;
7º Newport, nos Estados Unidos;
8º Nozawa Onsen, no Japão;
9º Fernando de Noronha;
10º El Chalten, na Argentina.

Países

1º Áustria
2º República Tcheca
3º Polônia
4º Nova Zelândia
5º Taiwan
6º Romênia
7º Hungria
8º Irlanda
9º Sérvia
10º Grécia

Além dos países e dos destinos, as localidades brasileiras mais acolhedoras são Fernando de Noronha, Penedo (Rio de Janeiro), Monte Verdes (Minas Gerais), Cunha (São Paulo), Itaipava (Rio de Janeiro), Santo Antônio do Pinhal (São Paulo), Tiradentes (Minas Gerais), Urubici (Santa Catarina), Visconde de Mauá (Rio de Janeiro) e Canoa Quebrada (Ceará).

Para 80% dos viajantes brasileiros, segundo o Booking.com, um dos principais critérios ao selecionar um destino são moradores simpáticos e interessantes.

Premiações

Na sétima edição do Guest Review Awards, 759.845 propriedades de 219 países e territórios estão recebendo o prêmio. Os países mais premiados são a Itália, com 106.513 propriedades, Espanha, com 46.646, França, com 45.286, Alemanha, com 3.042, Estados Unidos, com 35.626, Croácia, com 34.027, Reino Unido, com 31.206, Federação Russa, com 26.729, Polônia, com 26.572, e o Brasil, com 24.477 propriedades.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias