Superlua

Lua de Neve, primeira superlua de 2020, pode ser vista neste sábado e domingo

A Lua de Neve não é a maior do ano, no entanto a lua será a quarta mais cheia e mais brilhante, segundo especialistas

Davi Souza
Davi Souza
Publicado em 08/02/2020 às 16:40
Notícia
Foto: AFP
FOTO: Foto: AFP
Leitura:

No ano de 2020 está prevista uma quantidade considerável de eventos envolvendo o satélite natural da Terra. Entre eles estão as superluas, luas cheias e até uma lua azul. O fenômeno mais próximo de acontecer, é o da Lua de Neve. O nome remente às fortes nevascas que normalmente ocorrem ao longo de fevereiro no hemisfério norte.

Segundo especialista, o melhor momento para observá-la será na noite deste domingo (09), quando ela atingirá seu ponto mais alto no céu, próximo ao horário da meia-noite. A Lua de Neve não é a maior do ano, no entanto a lua será a quarta mais cheia e mais brilhante.

História da superlua

O termo superlua foi criado pelo astrólogo norte-americano Richard Nolle em 1979. Ele definiu como superlua as ocorrências de Lua cheia em que o satélite estivesse dentro da linha de até 90% do ponto mais próximo da Terra.

Lua de Neve

A lua cheia em fevereiro é chamada de Lua de Neve. O fenômeno recebe esse nome porque tribos nativas americanas costumavam nomear as luas com base nos atributos que associavam às estações do ano no Hemisfério Norte. Logo, a Lua de Neve é assim chamada por causa das fortes nevascas que normalmente ocorrem ao longo do mês em algumas partes do mundo. Algumas tribos também a chamavam de Lua de Fome, porque o clima de inverno criava condições difíceis de caça e escassez de alimentos.

Veja as superluas de anos anteriores:

Foto: AFP
Superlua fotografada da França - Foto: AFP
Foto: AFP
Superlua fotografada da Inglaterra - Foto: AFP
Foto: AFP
Superlua fotografada da Inglaterra - Foto: AFP
Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem
Superlua fotografada no Recife - Foto: Arnaldo Carvalho/JC Imagem

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias