Confronto

Novos confrontos deixam 4 mortos na República Centro-africana

Vários confrontos são registrados desde a semana passada entre o exército e milicianos cristãos em Bangui

Da AFP
Da AFP
Publicado em 15/10/2014 às 10:24
Leitura:

Quatro pessoas morreram e várias ficaram feridas na madrugada desta quarta-feira em novos confrontos entre habitantes e milicianos antibalaka, de maioria cristã, na capital da República Centro-africana, afirmou à AFP uma fonte da força da ONU no país, a MINUSCA.

Vários confrontos são registrados desde a semana passada entre o exército e milicianos cristãos em Bangui. A violência deixou dez mortos, entre eles um soldado paquistanês da MINUSCA.

Embora os episódios de violência entre comunidades que deixaram milhares de mortos desde dezembro de 2013 tenham cessado, a criminalidade e os ataques de grupos armados continuam atingindo esporadicamente a capital.

A crise vivida pelo país se originou com a deposição em março de 2013 do regime de François Bozizé pela rebelião Seleka - de maioria muçulmana em um país principalmente católico - seguida por um ciclo de represálias e contra-represálias entre os combatentes da Seleka e as milícias anti-balaka.

Os milicianos cristãos - conhecidos como antibalaka - rejeitaram no domingo a trégua pedida por seus líderes, depois da retomada do diálogo com a presidente da transição centro-africana, Catherine Samba Panza.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias