Ministério

Índia anuncia 21 novos ministros e cria ministério da Ioga

Governo de Modi, um vegetariano que pratica a ioga diariamente, tem a meta de aprovar algumas reformar para estimular a economia do país

Da AFP
Da AFP
Publicado em 10/11/2014 às 8:44
Foto: AFP
Governo de Modi, um vegetariano que pratica a ioga diariamente, tem a meta de aprovar algumas reformar para estimular a economia do país - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O primeiro-ministro indiano Narendra Modi nomeou nesta segunda-feira (10) 21 novos ministros e secretários de Estado, incluindo um ministro da Ioga, que terá a missão de promover a medicina e as práticas ascéticas tradicionais no país.

Modi, um nacionalista hindu que chegou ao poder em maio, após uma ampla vitória nas eleições, nomeou também um novo ministro da Defesa, Manohar Parrikar, que terá o objetivo de negociar a reforma do exército. O governo de Modi, um vegetariano que pratica a ioga diariamente, tem a meta de aprovar algumas reformar para estimular a economia do país.

"Felicitações a todos os colaboradores que prestaram juramento hoje. Espero trabalhar com eles para acelerar a viagem da Índia ao desenvolvimento", escreveu Modi no Twitter. O novo ministério da Ioga será responsável por promover a medicina tradicional e a prática do ayurveda, ioga, Unani, Siddha e a homeopatia.

Modi pediu em setembro na ONU a criação de um dia mundial da ioga e também falou sobre a prática com o presidente americano Barack Obama. O novo governo tem quatro novos ministérios e 17 novos secretários de Estado, o que eleva a 66 o número de integrantes do Executivo, incluindo o primeiro-ministro.

Também foi anunciado um novo ministro das Ferrovias, Suresh Prabhu, um posto chave em um país no qual milhões de pessoas viajam diariamente de trem.

Últimas notícias