Catástrofe

Incêndios devastam sul da Austrália

Região de Adelaida é habitada por cerca de 40.000 pessoas, que tiveram que sair de suas casas

Da AFP
Da AFP
Publicado em 03/01/2015 às 11:51
Leitura:

Violentos incêndios ameaçam neste sábado moradias da região de Adelaida, no sul da Austrália. As autoridades afirmam que esta é a pior catástrofe na região em três décadas. 

Segundo as autoridades locais, as colinas de Adelaida, lugar conhecido pela produção vinho, situadas no nordeste da cidade, enfrentam "um incêndio muito perigoso, acompanhado por ventos violentos e altas temperaturas", difíceis de ser enfrentados.

Esta região de Adelaida é habitada por cerca de 40.000 pessoas, que tiveram que sair de suas casas.

"Enfrentamos nesse momento um incêndio extremamente perigoso", declarou o chefe de bombeiros do sul da Austrália, Greg Nettleton.

Cinco casas foram destruídas até agora, mas o número deve aumentar em razão dos fortes ventos que chegam a 110 km/h.

Em 1983, os violentos incêndios provocaram deixaram mais  de 70 mortos na Austrália. Em fevereiro de 2009, morreram 173 pessoas e mais de 2.000 casas foram destruídas.

Esses incêndios são frequentes na Austrália durante o verão.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias