Internet

Obama minimiza capacidade de espionagem da Coreia do Norte

Presidente americano afirma que o recente ataque cibernético contra o estúdio Sony em Hollywood foi realizado por norte-coreanos

Da AFP
Da AFP
Publicado em 18/02/2015 às 7:11
Foto: AFP
Presidente americano afirma que o recente ataque cibernético contra o estúdio Sony em Hollywood foi realizado por norte-coreanos - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

As capacidades de espionagem virtual do Irã são "boas", as da China e da Rússia "muito boas", mas nesta área a Coreia do Norte não está bem equipada, afirmou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Em uma entrevista publicada pelo site "re/code", Obama destacou a relativa fragilidade tecnológica de Pyongyang, mas ressaltou o perigo representado pelos hackers informais. "Observem os desastres que a Coreia do Norte foi capaz de fazer, sem ser muito boa nesta área", disse o presidente americano, em uma referência ao recente ataque cibernético sofrido pelo estúdio Sony. 

"Os hackers que não trabalham para um país também podem provocar muitos danos. Devemos, em consequência, melhorar nossa resposta", completou Obama.

O FBI afirma que o recente ataque cibernético contra o estúdio Sony em Hollywood, o maior já registrado contra uma empresa privada nos Estados Unidos, foi realizado por norte-coreanos. O governo de Pyongyang negou envolvimento.  

Obama afirmou que tanto China como Rússia se distinguem particularmente na área da espionagem cibernética, assim como o Irã. "Dialogamos constantemente com estes países, também sobre a questão das armas nucleares", disse. 

"Nós os informamos que não é do interesse de ninguém executar ataques que podem provocar reações muito mais graves".

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias