Aviação

Cinzas de vulcão provocam fechamento de aeroporto no México

A medida afetou passageiros com voos para Houston (Texas, sul dos Estados Unidos) e para as cidades mexicanas de Monterrey e Guadalajara

Da AFP
Da AFP
Publicado em 25/02/2015 às 14:07
Foto: MOHD RASFAN / AFP
A medida afetou passageiros com voos para Houston (Texas, sul dos Estados Unidos) e para as cidades mexicanas de Monterrey e Guadalajara - FOTO: Foto: MOHD RASFAN / AFP
Leitura:

O aeroporto da cidade de Puebla, centro do México, foi fechado de maneira preventiva depois que uma camada de cinzas procedente do vulcão Popocatépetl cobriu parte de suas pistas, uma situação prejudicou vários voos nacionais e internacionais.

Desde a noite de terça-feira, o vulcão expeliu material incandescente a 700 metros de sua cratera e emitiu uma espessa camada de cinzas.

"As comunidades permanecem calmas e existe uma monitoração permanente do Popocatépetl", disse à AFP Jesús Morales, diretor da Proteção Civil de Puebla.

As autoridades decidiram, por precaução, suspender as atividades no pequeno aeroporto internacional 'Hermanos Serdán'.

A medida afetou passageiros com voos para Houston (Texas, sul dos Estados Unidos) e para as cidades mexicanas de Monterrey e Guadalajara.

O Popocatépetl é a segunda maior montanha do México, com 5.452 metros de altura, e fica a 55 km da Cidade do México.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias