Violência

Luta contra o Boko Haram deixa 71 mortos no exército chadiano

Grandes cidades nigerianas ocupadas pelo Boko Haram agora estão em poder das forças armadas regulares do Chade, Níger e Nigéria

Da AFP
Da AFP
Publicado em 10/04/2015 às 13:16
Foto: AFP
Grandes cidades nigerianas ocupadas pelo Boko Haram agora estão em poder das forças armadas regulares do Chade, Níger e Nigéria - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Setenta e um soldados morreram e 416 ficaram feridos desde o início da ofensiva contra os islamitas nigerianos do Boko Haram em fevereiro, anunciou nesta sexta-feiura o chefe do Estado-Maior do exército do Chade, general Brahim Seid. 

O Chade nunca informou oficialmente o número de soldados envolvidos na operação, mas fontes militares falam de 5.000 chadianos em luta contra o Boko Haram desde que, em 17 de janeiro passado, o parlamento autorizou a intervenção.

Segundo a fonte, grandes cidades nigerianas ocupadas pelo Boko Haram agora estão em poder das forças armadas regulares do Chade, Níger e Nigéria.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias