IMIGRAÇÃO

Dinamarca permitirá passagem de refugiados

"Não podemos reter os estrangeiros que não pedem asilo na Dinamarca", afirmou o chefe da polícia nacional, Jens Henrik Højbjerg

Da AFP
Da AFP
Publicado em 10/09/2015 às 9:30
Foto: ALEX LUKA LADIME / SCANPIX DENMARK / AFP
"Não podemos reter os estrangeiros que não pedem asilo na Dinamarca", afirmou o chefe da polícia nacional, Jens Henrik Højbjerg - FOTO: Foto: ALEX LUKA LADIME / SCANPIX DENMARK / AFP
Leitura:

A polícia da Dinamarca anunciou nesta quinta-feira (10) que vai permitir a passagem pelo país dos refugiados que já estão no território dinamarquês e não desejam permanecer no local.

"Não podemos reter os estrangeiros que não pedem asilo na Dinamarca", afirmou o chefe da polícia nacional, Jens Henrik Højbjerg.

As forças de segurança, que admitem estar sobrecarregadas com a situação, calculam que 3.200 pessoas entraram no país desde a noite de domingo.

"Estamos em uma situação em que não há nenhuma possibilidade de reenviar (os estrangeiros) a seus países de origem. Não podemos manter tantas pessoas em retenção indefinida, por isto não resta outra opção que deixá-los em liberdade, e não podemos impedir que viajem para onde desejarem", completou Højbjerg.

As empresas ferroviárias da Dinamarca anunciaram que as viagens de trem para a Alemanha, suspensas na quarta-feira (9), serão retomadas de maneira progressiva nesta quinta-feira (10), na fronteira de Padborg.

Um pouco mais ao leste, em Rødby, centenas de refugiados que chegaram da Alemanha por trem começaram a deixar a cidade em diferentes meios de transporte. A maioria deseja seguir viagem até a Suécia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias