Igreja

Papa se dispõe a canonizar Madre Teresa de Calcutá

Canonização poderá atrair novamente milhares de fiéis a Roma, no que poderá ser um dos grandes momentos do Jubileu

Giovanna Torreão
Giovanna Torreão
Publicado em 17/12/2015 às 20:02
Foto: FILIPPO MONTEFORTE/ AFP
Canonização poderá atrair novamente milhares de fiéis a Roma, no que poderá ser um dos grandes momentos do Jubileu - Foto: FILIPPO MONTEFORTE/ AFP
Leitura:

O Papa Francisco reconheceu um milagre atribuído à Madre Teresa de Calcutá e está disposto a promulgar o decreto de sua canonização, afirmou nesta quinta-feira o site do jornal dos bispos italianos Avvenire

Segundo a vaticanista do jornal, Stefania Falasca, que conhece pessoalmente o Papa, Madre Teresa deverá ser canonizada no dia 4 de setembro de 2016, em Roma, por ocasião do Jubileu da  Misericórdia, iniciado no dia 8 de dezembro. A data deverá ser confirmada durante um consistório. 

Avvenire afirma que uma cura milagrosa atribuída à intervenção de Madre Teresa foi reconhecida durante uma reunião de especialistas da Congregação para as Causas dos Santos, há três dias. Madre Teresa de Calcutá (1910-1997), que nasceu em uma família albanesa na Macedônia, fundou sua própria congregação em 1950, as Missionárias da Caridade, e se dedicou durante mais de 40 anos aos pobres e aos doentes, especialmente na cidade indiana de Calcutá. 

Esta religiosa, uma das mais famosas e populares do mundo cristão, foi beatificada por João Paulo II no dia 19 de outubro de 2003, em Roma, durante uma cerimônia que teve a presença de 300 mil fiéis. Sua canonização poderá atrair novamente milhares de fiéis a Roma, no que poderá ser um dos grandes momentos do Jubileu. 

Newsletters

Ver todas

Fique por dentro de tudo que acontece. Assine grátis as nossas Newsletters.

Últimas notícias