Violência

Brasileira de 48 anos sofre estupro coletivo em Roma

Brasileira foi sequestrada para um local próximo a estação Tuscalona, em Roma, onde foi espancada e estuprada por dois homens

JC Online
JC Online
Publicado em 03/10/2016 às 22:49
Foto: Reprodução/Google Maps
Brasileira foi sequestrada para um local próximo a estação Tuscalona, em Roma, onde foi espancada e estuprada por dois homens - FOTO: Foto: Reprodução/Google Maps
Leitura:

Uma brasileira de 48 anos foi espancada e estuprada por dois homens em um barraco perto da estação Tuscolana, na periferia de Roma, capital da Itália. As informações são da agência Ansa.

O caso ocorreu no dia 25 de setembro, mas só foi divulgado pela polícia italiana nesta segunda-feira (3) após a prisão de três suspeitos: um argelino, de 27 anos, um tunisiano, de 31, e uma romena, de 23, que é namorada de um dos suspeitos, presa por ter sido cumplice no sequestro da brasileira.

Na ocasião, a brasileira deu entrada em um hospital da cidade em estado grave, alegando ter sido sequestrada, espancada e violentada após se recusar a fazer sexo com os homens. Ela afirmou que foi algemada com as mãos atrás das costas e que foi estuprada até desmaiar.

Ao acordar, sangrando e com os pés descalços, a brasileira percebeu que os criminosos estavam dormindo e, assim, conseguiu escapar do local. Ela se dirigiu até o hospital, onde segue internada em estado grave.

De acordo com a polícia local, os três suspeitos também são acusados de ter assaltado um tunisiano na mesma região em que a brasileira foi estuprada.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias