ATAQUE AÉREO

Ataque dos EUA na Somália mata mais de 100 islamitas

As forças dos EUA bombardeou com um ataque aéreo um campo do grupo extremista Al-Shebab

AFP
AFP
Publicado em 21/11/2017 às 15:31
Foto: AFP
As forças dos EUA bombardeou com um ataque aéreo um campo do grupo extremista Al-Shebab - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Os Estados Unidos realizaram nesta terça-feira (21) um ataque aéreo na Somália contra o grupo Al-Shebab, vinculado à rede Al-Qaeda, matando mais de 100 extremistas islâmicos, declarou o Comando americano para a África (AFRICOM).

"Em coordenação com o governo federal da Somália, as forças dos Estados Unidos realizaram nesta terça-feira, 21 de novembro, às 10h30 (05h30 de Brasília) um ataque aéreo contra um campo do grupo Al-Shebab, matando mais de 100 militantes", informou o comando em um comunicado.

O bombardeio ocorreu a cerca de 200 km da capital somali Mogadíscio.

Os Estados Unidos intensificaram suas operações militares na Somália nos últimos meses, com um crescente número de ataques de drones contra o Al-Shebab e outros grupos jihadistas.

Na semana passada, o Pentágono informou que havia matado 40 combatentes do Al-Shebab e do grupo Estado Islâmico (EI) em uma série de ataques em vários dias.

Em março, o presidente Donald Trump autorizou seu secretário de Defesa, Jim Mattis, a realizar operações antiterroristas - aéreas ou terrestres - na Somália para apoiar o governo local e sem a necessidade de aprovação prévia da Casa Branca.

O frágil governo central somali combate os extremistas com o apoio da comunidade internacional e de 22.000 efetivos da Força da União Africana (Amisom). 

Últimas notícias