ESTADOS UNIDOS

Casal mantinha 13 filhos acorrentados na Califórnia

A polícia encontrou o local alertada pela 13ª vítima, de 17 anos, que conseguiu escapar da casa

Amanda Azevedo
Amanda Azevedo
Publicado em 15/01/2018 às 22:23
Foto: JOSE ROMERO / RIVERSIDE COUNTY SHERIFF'S DEPARTMENT / AFP
A polícia encontrou o local alertada pela 13ª vítima, de 17 anos, que conseguiu escapar da casa - FOTO: Foto: JOSE ROMERO / RIVERSIDE COUNTY SHERIFF'S DEPARTMENT / AFP
Leitura:

Doze irmãos foram encontrados acorrentados e famintos em uma casa de um povoado da Califórnia, e a polícia prendeu os pais por tortura e por colocar em risco a vida dos filhos, informaram as autoridades nesta segunda-feira (15).

A polícia encontrou o local alertada pela 13ª vítima, de 17 anos, que conseguiu escapar da casa, nos arredores de Perris, a sudoeste de Los Angeles. A jovem telefonou para o serviço de emergência 911 de um celular que encontrou na residência. 

A adolescente, que estava "magérrima" e parecia ter apenas dez anos, segundo a polícia, "afirmou que seus doze irmãos e irmãs eram mantidos em cativeiro na casa por seus pais, precisando que alguns estavam acorrentados". 

Os policiais se dirigiram então para a residência de David Turpin e sua esposa, Louise, de 57 e 49 anos, onde encontraram várias pessoas acorrentadas a suas camas em meio a um cheiro terrível. 

Vítimas desnutridas

A princípio, a polícia pensou que se tratava de 12 menores, "desnutridos e muito sujos", mas depois percebeu que havia sete adultos, com entre 18 e 29 anos. 

Seis das 13 vítimas (incluindo a adolescente que fugiu) eram menores, e a mais nova tinha apenas dois anos.

As autoridades fixaram uma fiança de 9 milhões de dólares para os pais.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias