Relações

Rússia considera 'inaceitáveis' novas sanções dos EUA

Porém, a Rússia disse que pretende manter a esperança de estabelecer relações construtivas com Washington.

AFP
AFP
AFP
Publicado em 09/08/2018 às 7:49
DON EMMERT, Natalia KOLESNIKOVA / AFP
Porém, a Rússia disse que pretende manter a esperança de estabelecer relações construtivas com Washington. - FOTO: DON EMMERT, Natalia KOLESNIKOVA / AFP
Leitura:

O Kremlin considerou, nesta quinta-feira (9), "absolutamente inaceitáveis" e "ilegais" as novas sanções econômicas anunciadas pelos Estados Unidos em relação ao ataque com Novichok no Reino Unido, mas disse "manter a esperança da Rússia de estabelecer relações construtivas" com Washington.

Declaração

"Consideramos absolutamente inaceitável o anúncio de novas restrições em relação ao caso de Salisbury e as consideramos ilegais", disse à imprensa o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, chamando Washington de "sócio imprevisível". Também negou, mais uma vez, qualquer responsabilidade no envenenamento do ex-agente russo Serguei Skripal e de sua filha, Yulia.

Últimas notícias