AMÉRICA DO SUL

Sob críticas, Maduro toma posse de seu segundo mandato na Venezuela

Diante de 30 juízes e um pequeno grupo de líderes regionais, Maduro jurou a Constituição em um salão nobre do Tribunal

Fillipe Vilar
Fillipe Vilar
Publicado em 10/01/2019 às 14:31
Foto: YURI CORTEZ / AFP
Diante de 30 juízes e um pequeno grupo de líderes regionais, Maduro jurou a Constituição em um salão nobre do Tribunal - FOTO: Foto: YURI CORTEZ / AFP
Leitura:

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, prestou juramento para seu segundo mandato à frente do país nesta quinta-feira, 10, em uma sessão no Tribunal Supremo de Justiça (TSJ).

Testemunhas

Diante de 30 juízes e um pequeno grupo de líderes regionais composto pelos presidentes de Bolívia, Cuba, El Salvador e Nicarágua, Maduro jurou a Constituição em um salão nobre do Tribunal.

É a primeira vez que um presidente toma posse diante do Judiciário e não do Parlamento, que teve as competências cassadas por autoridades chavistas logo após a oposição tomar a maioria da Assembleia Nacional nas eleições parlamentares de 2015.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias