MIGRAÇÃO CLANDESTINA

Ao menos 28 haitianos morrem em naufrágio nas Bahamas, diz Marinha

Outras 17 que estavam na embarcação foram encontradas sãs e salvas na costa das ilhas Ábaco

Bianca Sousa
Bianca Sousa
Publicado em 03/02/2019 às 18:30
Foto: AFP
Outras 17 que estavam na embarcação foram encontradas sãs e salvas na costa das ilhas Ábaco - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

Autoridades das Bahamas resgataram até o momento os corpos de 28 haitianos, mortos após o naufrágio da embarcação em que viajavam, informou neste domingo (3) a Marinha do arquipélago.

"Quinze corpos foram encontrados no domingo na embarcação afundada", que se somam aos "13 corpos sem vida" encontrados no sábado, informou a Marinha das Bahamas à AFP sobre o naufrágio ocorrido a uma dezena de quilômetros de Marsh Harbour, ao norte do arquipélago.

Outras 17 pessoas foram encontradas sãs e salvas na costa das ilhas Ábaco, um dos maiores territórios das Bahamas.

A embaixada americana no Haiti confirmou o balanço e lembrou, em mensagem postada no Twitter, que "as operações migratórias clandestinas são perigosas e costumam terminar de forma trágica". 

Buscas

Os trabalhos de buscas, conduzidas pelas autoridades locais, começaram no sábado (2). 

A embarcação foi localizada por um avião da guarda costeira americana.

Migrantes do Haiti, país mergulhado na extrema pobreza, tentam com frequência chegar clandestinamente às Bahamas ou às ilhas Turcas e Caicos.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias