LIBRA

EUA pede que Facebook suspenda imediatamente o lançamento da criptomoeda

A criação da Libra foi anunciada no dia 18 de junho

JC Online
JC Online
Publicado em 03/07/2019 às 21:50
Notícia
Foto: AFP
A criação da Libra foi anunciada no dia 18 de junho - FOTO: Foto: AFP
Leitura:

O Facebook divulgou no dia 18 de junho os detalhes da iniciativa de lançar uma criptomoeda própria. No entanto, nessa terça-feira (2), representantes se reuniram na Câmara dos Estados Unidos e solicitaram que o lançamento da Libra seja suspenso imediatamente.

A suspensão deverá ser mantida até que, segundo a solicitação, sejam analisados os riscos da moeda digital à economia. Na carta enviada ao Facebook, os representantes dizem que os investidores e os consumidores que utilizarem a criptomoeda "podem estar expostos a sérios problemas de privacidade e segurança nacional, riscos de cibersegurança e riscos de negociação". O documento afirma que os riscos da implantação da Libra são claros devido ao histórico ruim do Facebook em relação a proteção de dados.

Na carta, o comitê de serviços financeiros da Câmara diz que "como o Facebook já está nas mãos de mais de um quarto da população mundial, é necessário que o Facebook e seus parceiros imediatamente cessem os planos de implementação até que os reguladores e o Congresso tenham a oportunidade de examinar essas questões e tomar medidas".

Dados

O Facebook informou que não irá ter acesso aos dados financeiros dos usuários da libra e disse também que as transações não serão um meio para a melhoria na precisão dos anúncios.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias