Eleições

Contagem segue, mas direita tem vantagem definitiva e é eleita no Uruguai

O candidato da direito, Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, será o novo presidente do Uruguai

Adige Silva
Adige Silva
Publicado em 28/11/2019 às 16:04
Notícia
Foto: Site oficial de Luiz Lacalle Pou
O candidato da direito, Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, será o novo presidente do Uruguai - FOTO: Foto: Site oficial de Luiz Lacalle Pou
Leitura:

O candidato opositor Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, atingiu nesta quinta-feira (28)  uma vantagem definitiva na apuração contra o governista Daniel Martínez no segundo turno, na segunda apuração realizada pelo Tribunal Eleitoral do Uruguai.

A corte ainda não proclamou o presidente, já que é preciso apurar 25% dos circuitos eleitorais, mas vários dirigentes da coalizão governista de esquerda Frente Ampla admitiram a derrota de seu candidato. "Saúdo e felicito o novo presidente da República", publicou no Twitter Gonzalo Reboledo, dirigente da Frente Ampla.

Martínez reconhece derrota e anuncia reunião amanhã

O candidato da governista Frente Ampla à presidência do Uruguai, Daniel Martínez, reconheceu a vitória da oposição com Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional, na disputa presencial no país, e afirmou que se reunirá amanhã com o eleito.

"A evolução do escrutínio dos votos observados não altera a tendência, por isso cumprimentamos o presidente eleito Luis Lacalle Pou, com quem irei realizar uma reunião amanhã", escreveu Martínez no Twitter. Ele acrescentou que "seguiremos defendendo a democracia com mais força do que nunca".

A contagem dos votos no Uruguai, onde as eleições ocorreram no último domingo, continua, mas Lacalle Pou atingiu uma vantagem definitiva.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias