ELEIÇÃO

MP: 502 pedidos de impugnação foram por 'ficha suja'

O vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, afirmou que a Procuradoria propôs 4.120 ações de impugnação de registro de candidatura em todo o País

Da Agência Estado
Da Agência Estado
Publicado em 05/10/2014 às 22:26
Leitura:

O vice-procurador-geral eleitoral, Eugênio Aragão, afirmou neste domingo (5) que a Procuradoria propôs 4.120 ações de impugnação de registro de candidatura em todo o País nas eleições deste ano das quais 502 foram dentro da Ficha Limpa. Com base nos pedidos feitos a partir da Lei de 2010, a Justiça Eleitoral resolveu barrar 241 candidatos.

Aragão anunciou ainda que 50 candidatos renunciaram após as ações do Ministério Público Eleitoral (MPE) e disse que "muitos recursos" ainda serão julgados pelo TSE. Há quase 800 candidatos conforme publicado na sexta-feira, 3, que concorreram nestas eleições mas ainda têm recursos pendentes na Justiça Eleitoral.

Aragão destacou que a Procuradoria Eleitoral emitiu, desde 1º de julho, um total de 7.661 manifestações e afirmou que não há hoje processos em atraso. De acordo com o vice-procurador eleitoral, o MP realizou um "grande esforço" para se manter como "coadjuvante" no processo político nas eleições deste ano.

Últimas notícias