INVESTIGAÇÃO

Delcídio citou Aécio Neves e Renan Calheiros em delação premiada, diz jornal

Em delação premiada, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) teria citado diversos integrantes das cúpulas do PSDB, PMDB e PT

Do JC Online
Do JC Online
Publicado em 09/03/2016 às 9:07
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Em delação premiada, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) teria citado diversos integrantes das cúpulas do PSDB, PMDB e PT - FOTO: Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
Leitura:

Além de supostamente ter falado sobre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em delação premiada, o senador Delcídio Amaral (PT-MS) também teria citado outros políticos integrantes das cúpulas do PSDB, PMDB e PT, incluindo os senadores Aécio Neves (PSDB-MG) e Renan Calheiros (PMDB-AL). As informações são da Folha de S. Paulo.

Segundo a Folha, entre os nomes citados também estão Edison Lobão (PMDB-MA), Romero Jucá (PMDB-RR) e Valdir Raupp (PMDB-RO). A reportagem do jornal não teve acesso ao contexto das citações. Os investigadores da Operação Lava Jato devem analisar se as declarações sobre os senadores justificam pedido de abertura de inquérito.

Aécio Neves já foi citado pelo doleiro Alberto Yousseff e pelo transportador de valores Carlos Alexandre Rocha, mas os dois procedimentos foram arquivados. O presidente do Senado, Renan Calheiros é alvo de seis inquéritos que investigam suposta ligação dele com desvios na Petrobras.

A delação de Delcídio ainda não foi homologada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), o que pode ocorrer nos próximos dias.

Últimas notícias