LAVA JATO

Lava Jato acha minuta em que Bittar repassaria sítio a Lula, diz revista

Lula vai com frequência ao sítio, que recebeu melhorias de empresas do "petrolão", o escândalo da Petrobras

Do Estadão Conteúdo
Do Estadão Conteúdo
Publicado em 17/03/2016 às 16:40
Foto: ABr
Lula vai com frequência ao sítio, que recebeu melhorias de empresas do "petrolão", o escândalo da Petrobras - FOTO: Foto: ABr
Leitura:

Os agentes da Operação Lava Jato acharam a minuta de um contrato de compra e venda em que Fernando Bittar - sócio de um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e proprietário do Sítio Santa Bárbara, em Atibaia, no interior de São Paulo - passaria a propriedade para o ex-chefe do Executivo e a ex-primeira-dama Letícia Marisa Lula da Silva, diz a página da revista Veja na internet.

Lula vai com frequência ao sítio, que recebeu melhorias de empresas do "petrolão", o escândalo da Petrobras. De acordo com a Veja, na minuta, em que não há assinatura, Bittar transfere o Santa Bárbara para o ex-presidente e Marisa pela importância de R$ 800 mil. O papel foi encontrado pela Polícia Federal (PF) nas buscas no apartamento de Lula em São Bernardo do Campo, no Grande ABC (SP), afirmou o portal da revista.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Últimas notícias